Estudo mostra que empresas de telemarketing têm maior ganho salarial

Nos Estados Unidos, média do salário dos funcionários subiu acima de outras áreas no ano passado

Redação
Compartilhe esta publicação:
Funcionários de empresas de telemarketing tiveram aumento salarial médio de cerca de 3%, nos Estados Unidos (iStock)

Funcionários de empresas de telemarketing tiveram aumento salarial médio de cerca de 3%, nos Estados Unidos (iStock)

Acessibilidade


A sorte, hoje em dia, está sorrindo para gestores de escritórios e pessoas que trabalham com call center. De acordo com um relatório divulgado por uma das maiores empresas de recursos humanos, a Randstad, uma série de cargos de administração em call centers e companhias de telemarketing assistiram, entre 2014 e 2015, a um dos maiores saltos salariais em suas carreiras.

RANKING: 10 piores profissões de 2016

Os dados utilizados são provenientes do Instituto de Pesquisa Econômica norte-americano e mostram a situação de diferentes posições de funcionários de empresas de telemarketing. Em todas elas, nos Estados Unidos, houve um aumento da média salarial de cerca de 3%.

Mas, na verdade, aqueles que passam o dia todo atendendo telefonemas não ocupam o primeiro lugar da lista dos salários que mais cresceram no ano passado. Os gerentes desses escritórios viram seus salários crescerem em 6,68%.

VEJA TAMBÉM: 4 passos para negociar o salário que você merece

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Traci Fiatte, presidente do grupo Randstad conversou com a FORBES e explicou exatamente o que tem acontecido no setor prático e administrativo desta área de trabalho. “Os dias daqueles que apenas atendiam telefonemas acabaram, não existem mais. Hoje, é preciso que as pessoas sejam mais versáteis, além de ter o domínio da tecnologia”, disse Trace.

Compartilhe esta publicação: