Ibovespa inverte para alta no fechamento

REUTERS
Mercados reagem positivamente à declaração da OMS

Ao longo do pregão de hoje (30), a bolsa brasileira respondeu com fortes baixas ao estresse global nos mercados por conta da disseminação do coronavírus. Os investidores aguardaram durante todo o dia alguma novidade em relação à avaliação da situação pela Organização Mundial da Saúde.

No final da tarde, a OMS declarou a epidemia de coronavírus como uma emergência de saúde pública de interesse internacional. Apesar do anúncio, o diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus, elogiou os esforços da China de contenção da doença e deixou claro que a declaração não é um sinal de desconfiança sobre a capacidade do governo chinês em conter o vírus.

LEIA TAMBÉM: Dólar bate recorde de alta no Brasil

As palavras de Ghebreyesus acalmaram os investidores e ajudaram o Ibovespa e os índices nas bolsas norte-americanas a inverterem tendência e passarem para o positivo.

O índice Bovespa encerrou com alta de 0,12% aos 115.528 pontos.

Os ativos que estavam “estressados” ao longo do pregão também mudaram tendência após o anúncio da OMS. O ouro passou a ter queda e o petróleo reduziu perdas no final da tarde.

“Acredito que o mercado entendeu que, agora, o esforço será conjunto para a contenção do coronavírus”, afirma Jason Vieira, economista-chefe da Infinity.

Vieira lembra que o mercado estava muito “pesado” e os investidores já estavam em busca de um motivo para comprar. “Muito estranho mas, na ausência de algo mais concreto, o mercado ficou otimista com esta declaração de emergência global pela OMS”, conclui.

****

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).