Temores com coronavírus derrubam Ibovespa

Paulo Whitaker - REUTERS

Ibovespa tem queda acentuada hoje (27) com clima de aversão ao risco pelo coronavírus

O Ibovespa tem queda acentuada desde o início dos negócios de hoje (27), acompanhando as perdas no exterior. O clima de aversão ao risco nos mercados foi intensificado durante o fim de semana e no transcorrer do feriado chinês do Ano Novo Lunar devido à propagação do coronavírus.

Mais de 80 pessoas já morreram na China e o número de infectados já supera 900 naquele país. Há casos de contágio também em diferentes continentes e o alerta global foi intensificado.

LEIA TAMBÉM: Índices globais têm forte queda com coronavírus

Às 10h45, horário de Brasília, o Ibovespa caía 2,48% aos 115,435 pontos. Na carteira do índice, apenas uma ação apresentava ligeira alta, perto da estabilidade: RaiaDrogasil (RADL3) com valorização de 0,01% a R$ 124,01.

As principais quedas do Ibovespa eram da Suzano (SUZB3) com recuo de 4,83% a R$ 41,75, CSN (CSNA3) com desvalorização de 4,76% a R$ 14,20, Vale (VALE3) com menos 4,54% a R$ 51,36, Bradespar (BRAP4) que perdia 4,43% a R$ 39,03 e Gerdau (GGBR4) com baixa de 4,25% a R$ 20,75.

O índice de volatilidade das ações que compõem do S&P 500, o VIX, mantém alta peto de 27% ao longo da manhã.

A onça troy do ouro subia 0,69% a US$ 1.582, e o petróleo WTI caía 3,13% a US$ 52,54, o barril. Ao contrário do ouro que é considerado ativo seguro em situações críticas, o petróleo apresenta queda pelo temor do mercado de uma baixa na demanda pelo produto devido à propagação do coronavírus.

No mercado de câmbio, o dólar tem alta em relação ao real. A moeda norte-americana avançava 0,79% a R$ 4,21, às 10h52. Já o euro subia 0,77% a R$ 4,64.

****

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).