Trump declara coronavírus emergência nacional

Jonathan Ernst/Reuters
Jonathan Ernst/Reuters

Presidente norte-americano fez apelo para que Estados criem centros para ajudar a combater o novo coronavírus

O presidente norte-americano, Donald Trump, declarou hoje (13) emergência nacional nos EUA devido ao rápido crescimento do novo coronavírus, abrindo a porta para fornecer o que ele disse ser cerca de US$ 50 bilhões em ajuda federal para combater a doença.

Trump fez o anúncio em uma entrevista coletiva nos jardins da Casa Branca.

LEIA MAIS: Tudo sobre o coronavírus

O presidente dos Estados Unidos disse que estava declarando emergência nacional para “liberar todo o poder do governo federal”. Ele fez um apelo para que todos Estados criem centros de emergência para ajudar a combater o vírus.

Trump estava sob pressão para declarar uma emergência de doenças infecciosas sob lei de 1988 que permitiria à Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema, na sigla em inglês) fornecer fundos de desastres para governos estaduais e municipais e equipes de suporte de implantação. Esse poder raramente é usado. O ex-presidente Bill Clinton, em 2000, declarou tal emergência para o vírus do Nilo Ocidental.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).