Doria diz que reabertura da economia de SP será regionalizada e gradual

REUTERS_Rahel-Patrasso
REUTERS_Rahel-Patrasso

A reabertura começará no dia 11 de maio

A economia de São Paulo será reaberta de forma heterogênea, gradual e segura a partir de 11 de maio e levará em conta a situação da epidemia de coronavírus em cada uma das regiões do Estado, disse hoje (22) o governador João Doria (PSDB), que afirmou que a quarentena vigente até 10 de maio não sofrerá qualquer alteração.

“Hoje vamos enunciar o Plano São Paulo, plano esse que a partir do dia 11, de forma gradual, heterogênea e segura, faremos a abertura da economia do Estado de São Paulo”, disse Doria em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

LEIA MAIS: Doria pede suspensão de dívidas dos Estados por 1 ano

“Vamos levar em conta situações locais”, acrescentou ele, que disse ainda que as decisões serão tomadas em conjunto com as áreas econômica e de saúde de seu governo.

Também presente na coletiva, a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Patricia Ellen, disse que o plano de reabertura da economia paulista também será feita por setores.

“A implementação será faseada, regionalizada e setorial”, afirmou ela. “Nós receberemos da Saúde quais são os critérios-chave.”

Doria procurou rebater críticas em relação à quarentena em São Paulo, afirmando que foi a “mais equilibrada do país” e que não foi adotado um “lockdown”, como foi necessário em outros países. O governador disse que, no formato atual, mais de 70% da economia do Estado está operando.

“Sempre garantimos o funcionamento do maior número possível de atividades da economia do Estado de São Paulo”, disse.

O governador acrescentou que, com o modelo de reabertura a ser adotada, tanto a curva de casos confirmados no Estado quanto a capacidade de tratar os doentes estará sob controle. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copy[email protected]).