Desistência x superação: Ana Paula Assis conta como enfrentar a crise de maneira positiva

Divulgacao
Divulgacao

Ana Paula Assis é presidente da IBM na América Latina, mas ela já geriu a divisão de softwares na empresa da China e conta como aplica o que aprendeu com essa experiência na crise

No trabalho remoto, tecnologia e uma equipe de confiança são essenciais para o sucesso de qualquer negócio. Esse foi um dos assuntos abordados por Ana Paula Assis, presidente da IBM na América Latina, em conversa ao vivo com o CEO e publisher da Forbes Brasil, Antonio Camarotti, no Instagram da revista.

Para Ana Paula, um momento que exige rápida mudança como o que vivemos agora oferece a uma empresa a possibilidade de uma nova perspectiva. “É o momento de ver o que a gente pode fazer de diferente e como a gente pode trazer mais empatia, mais serviço. Como olhar para o outro de uma maneira diferente”, e essa empatia é aplicada dentro e fora dos negócios.

LEIA MAIS: Dificuldades em gerir sua empresa na crise? Veja as recomendações de Vanessa Brandão, da Heineken

A executiva faz parte da última lista de mulheres poderosas da Forbes Brasil –da qual já foi integrante outras vezes, assim como da lista de melhores CEO do Brasil–, representando o potencial das mulheres na tecnologia. Ela explicou que, desde nova, quando estava escolhendo qual carreira seguir, já sabia que a computação era a profissão do futuro e via um ponto positivo em ser uma das poucas mulheres nesta área. “Eu via o fato de ser mulher como uma vantagem, porque sendo minoria eu dizia ‘o pouco que eu fizer já vai ter destaque’.”

Sua história profissional começou em um estágio em 1993 em Goiás, o único oferecido na história da IBM na região Centro-Oeste. Foi contratada efetivamente após seu programa, dando início a uma carreira de sucesso na empresa. Ela contou que jamais teria conseguido seu cargo de presidente da América Latina se não fosse por aquela oportunidade única mais de 20 anos atrás. “O mérito vem para aquele que se arrisca e dá a cara a tapa.”

Anos depois, ela foi transferida para a China para assumir a divisão de softwares da IBM no país. Ana Paula contou que a experiência abriu sua mente de uma maneira única. “Eu aprendi lá que você tem que levar em consideração todos os pontos de vista, você tem que pensar no outro antes de tomar uma decisão”, disse. Hoje, ela usa esses ensinamentos para comandar a IBM com eficiência em meio a uma crise financeira sem precedentes.

A experiência na China não ensinou Ana Paula apenas a abrir a mente para novas perspectivas. A presidente contou que aprendeu outra habilidade valiosa: a resiliência. Sempre que as dificuldades apareciam ela pensava: “Que história você vai contar da sua experiência na China? Que você desistiu? Ou que você superou, enfrentou esse desafio e saiu mais forte?”. É com essa mentalidade ela lidera a IBM até hoje.

Assista ao vídeo abaixo para conferir a entrevista completa da presidente da IBM na América Latina, Ana Paula Assis. Para outras lives como essa, acesse o canal da Forbes Brasil no Youtube ou confira o Instagram @ForbesBR.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).