Brasil assina acordo para produzir vacina experimental contra Covid-19

Carl Recine/Reuters
Se a vacina for eficaz, o acordo prevê que 100 milhões de doses estarão à disposição da população brasileira

O Brasil anunciou hoje (27) que assinou um contrato de US$ 127 milhões para começar a produzir localmente uma vacina experimental desenvolvida pela AstraZeneca, que se mostrou promissora para combater a Covid-19.

O produto da AstraZeneca é considerado o principal candidato do mundo e o mais avançado em termos de desenvolvimento para obter licença e se tornar uma vacina oficial contra a doença, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

LEIA MAIS: Testes com vacina de Oxford podem durar 1 ano

A farmacêutica britânica já está realizando testes em larga escala e se encontra em estágio intermediário de ensaios com humanos, desenvolvidos por pesquisadores da Universidade de Oxford.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, disse em entrevista coletiva que o país produzirá inicialmente cerca de 30 milhões de doses da vacina, com metade sendo entregue em dezembro e o restante em janeiro.

Franco disse que o Brasil está ciente do risco, caso a vacina não cumpra todos os requisitos de licenciamento necessários ou outra vacina obtenha a aprovação mais rapidamente.

A vacina será produzida pela Fundação Osvaldo Cruz, também conhecida como Fiocruz, a principal organização de saúde pública do país, disse Franco.

O Brasil é o segundo país mais afetado pela pandemia de coronavírus, com mais de 1,2 milhão de casos confirmados até ontem (26) e mais de 55.000 mortes.

VEJA TAMBÉM: Sanofi fecha acordo de US$ 2 bilhões para desenvolver vacina contra Covid-19

Se a vacina for eficaz, o acordo prevê que 100 milhões de doses estarão à disposição da população brasileira. Foi acertada também a transferência de tecnologia de formulação. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).