Por que o CDB é para você, mulher

Canva
Canva

Não é difícil encontrar opções que ofereçam rentabilidade acima de 120% do CDI

Já pensou em emprestar dinheiro para o banco, em vez de pegar emprestado? É isso o que acontece quando você investe em um CDB. Mas, atenção, mulher, o quanto você irá receber de juros por esse empréstimo pode variar, por isso, você precisa saber escolher.

Mas como optar por um produto com boas taxas se você não sabe como funcionam os CDBs? A ignorância financeira é a maior ladra do seu dinheiro: faz você acumular coisas inúteis e perder deliciosas oportunidades de comprar sua liberdade.

Como conhecimento deve ser acumulado, assim como o seu patrimônio, neste artigo, vou explicar como funciona o Certificado de Depósito Interbancário, o famoso CDB, e como você pode ficar mais próxima da autonomia financeira e não ser mais uma refém das escolhas alheias.

O que é um CDB?

Eu falei recentemente sobre o Tesouro Selic, o único título público indicado para a sua reserva de emergência. O CDB é também um título de crédito da renda fixa, mas, neste caso, você empresta recursos para bancos e instituições financeiras emissoras desses títulos.

Mas por que o banco precisa do seu dinheiro? Simples, para emprestar para outras pessoas a uma taxa de juros maior. O banco capta os seus recursos e lhe oferece uma rentabilidade (juros) em troca desse empréstimo para, depois, utilizar esses valores em empréstimos a outras pessoas, com uma taxa de juros maior.

Essa diferença entre o juros que alguém irá pagar ao banco por um empréstimo e o que o banco está lhe pagando se chama spread bancário e é uma das formas de lucro dessas instituições financeiras.

Como investir em CDBs?

Não é difícil encontrar CDBs que ofereçam rentabilidade acima de 120% do CDI, mas esses produtos certamente não estão disponíveis no seu banco. Os CDBs com as melhores taxas estão nas corretoras de valores, que funcionam como um shopping de investimentos: você encontra vários bancos competindo para vender seus CDBs. No seu banco, você terá só o CDB dele. É como ir na Chanel querendo comprar Gucci. Não dá, né?

Se você ainda não tem conta em uma corretora, recomendo que abra hoje mesmo. Há boas opções com abertura de conta gratuita. Mesmo que você não tenha dinheiro para investir hoje, abra a sua conta. Vencer a preguiça e cuidar do seu dinheiro é o primeiro passo da mulher que decide sobre si mesma.

Nas corretoras, você terá suporte de uma assessora de investimentos que poderá lhe mostrar os CDBs disponíveis para negociação, mas essa oferta de produtos pode mudar de um dia para o outro. Se você não encontrou um CDB bom, não desanime. No dia seguinte, poderá haver um produto melhor para a sua liberdade financeira.

Também não terceirize a decisão sobre os seus investimentos para a sua assessora ou assessor. Lembre-se de que o dinheiro é seu, e a responsabilidade também.

Não tenha medo

Os CDBs oferecem cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para investimentos de até R$ 250 mil (por banco e por CPF). Logo, caso o seu banco tenha qualquer problema financeiro, o seu dinheiro e o rendimento estão garantidos.

Isso quer dizer que, até o limite de R$ 250 mil, você pode investir em CDBs de bancos menores e que ofereçam melhores taxas, não precisa ficar presa no bancão por medo de tomar riscos. Aliás, mulher, liberte sua mente do medo de perder. Ambição é a chave da independência financeira. Não deixe que digam o você deve fazer com o seu dinheiro.

A sua reserva de emergência deve ir para um CDB que tenha liquidez de até um dia útil (D+1). Se você não pode transformar o seu investimento em dinheiro sem deságio quando for necessário, então, não serve para a sua reserva.

Eu adoro os CDBs e recomendo para todas as mulheres à minha volta. É simples, tem opções para todos os bolsos e ainda opera a mágica dos juros compostos. Pesquise e conheça mais sobre esse produto.

Francine Mendes é educadora financeira para mulheres, economista pela Universidade Federal de Santa Catarina, com mestrado em psicanálise do consumo pela Universidade Kennedy. Apresentadora do canal Mary Poupe, no YouTube, e comunicadora na RiCTV Record.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).