Celso La Pastina, presidente da World Wine, morre vítima de Covid-19

Divulgação
Divulgação

Celso deixa a esposa Liliane La Pastina e quatro filhos, além de um grande legado no setor.

Apaixonado pelo mundo enogastronômico, Celso La Pastina, CEO do Grupo La Pastina, importadora de vinhos e alimentos criada por seu pai em 1947, e presidente da World Wine, fundada por ele em 1999 com foco em rótulos de qualidade, faleceu na manhã de hoje (20), dias antes de completar 62 anos.

O empresário, que com sua visão inovadora se tornou um dos grandes nomes do mercado de vinhos no Brasil, lutou contra a Covid-19 por dois meses, mas foi acometido por complicações cardíacas. Celso deixa a esposa Liliane La Pastina e quatro filhos, além de um grande legado no setor.

LEIA MAIS: Consumo de vinho: garrafas mais caras são tendência, diz vice-presidente da World Wine

Em nota oficial divulgada à imprensa, a World Wine destacou: “Nesta sexta-feira, celebramos os 21 anos da World Wine, empresa que Celso fundou especialmente para dedicar toda a sua paixão pelo mundo dos vinhos. E é com essa paixão e comprometimento intrínsecos ao DNA da companhia que vamos celebrar mais essa história de sucesso, com a promessa de seguir adiante batendo todos os recordes, respeitando não apenas a história que construímos até aqui, mas também a que carrega cada garrafa compartilhada com nossos clientes e parceiros. Um brinde ao Celso!”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).