Governo de SP assina contrato para receber 46 milhões de doses de vacina da Sinovac contra Covid-19

Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

João Doria voltou a afirmar que, havendo aprovação do registro da vacina pela Anvisa, a expectativa é iniciar a vacinação a partir de dezembro

O governo do Estado de São Paulo assinou hoje (30) contrato de US$ de 90 milhões para receber 46 milhões de doses da potencial vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela chinesa Sinovac Biotech que já haviam sido anunciadas como parte do acordo para testar o imunizante experimental no Brasil.

Segundo o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, que lidera os estudos clínicos com a vacina, batizada de CoronaVac, no Brasil, o acordo assinado hoje também inclui a transferência de tecnologia para produção local da vacina, como também já havia sido anunciado.

LEIA MAIS: Sinovac quer distribuir vacina para Covid-19 na América do Sul em parceria com Butantan, diz executivo

Em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria (PSDB) disse que o governo estadual ainda aguarda uma posição do governo federal para saber se o Ministério da Saúde participará da vacinação com o imunizante da Sinovac e, portanto, colaborará no pagamento dos US$ 90 milhões previstos no acordo assinado hoje.

Além de Doria e Covas, o vice-presidente mundial da Sinovac, Weining Meng, também estava presente na assinatura do acordo.

O governador disse que as 46 milhões de doses serão entregues ao Butantan em dezembro e que já há acordo verbal para que, até fevereiro, mais 14 milhões de doses sejam entregues.

O governador voltou a afirmar que, havendo aprovação do registro da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a expectativa é iniciar a vacinação a partir de meados de dezembro.

Dimas Covas afirmou que, até o momento, 7 mil dos 13 mil voluntários que participam dos testes clínicos com a potencial vacina já receberam a aplicação. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).