Fundos têm resgates líquidos de R$ 18,2 bilhões entre 1º e 8 outubro, aponta ANBIMA

Andriy Onufriyenko/GettyImages
Andriy Onufriyenko/GettyImages

Fundos têm resgates líquidos de R$ 18,2 bilhões entre 1º e 8 outubro, aponta ANBIMA

Segundo relatório da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA), os fundos de investimento tiveram resgates líquidos R$ 18,2 bilhões de 1º até 8 de outubro. Os dados mostram a diferença entre os R$ 185,9 bilhões aplicados e R$ 204,1 bilhões sacados pelos investidores no período.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Entre 5 e 9 de outubro, a indústria registrou resgates líquidos de R$ 16,8 bilhões, como reflexo das saídas de R$ 19,9 bilhões dos fundos de renda fixa. Os fundos de previdência e ETFs também impactaram o resultado, com resgates de R$ 1,2 bilhão e R$ 646 milhões – ambos com movimentos de saídas concentradas. Os cambais tiveram retiradas fragmentadas de R$ 79,5 milhões.

Entre os fundos com melhor captação líquida, os multimercados registraram R$ 2,2 bilhões, seguidos dos Fundo de Investimento em Direitos Creditório (R$ 1,7 bilhão) e das classes de ações (R$ 942,2 milhões) e de Fundos de Investimentos em Participações (R$ 164,3 milhões).

Até 8 de outubro, a indústria de fundos totalizava captação líquida positiva de R$ 183,5 bilhões e patrimônio líquido de R$ 5,8 trilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).