IPC-S acelera alta a 0,82% em setembro com pressão de alimentos e passagens aéreas, diz FGV

Pilar Olivares/Reuters
Pilar Olivares/Reuters

O destaque do mês foi o comportamento do arroz e feijão — dois alimentos básicos do cotidiano brasileiro –, que registraram alta de 10,92%

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou a alta a 0,82% em setembro, ante 0,53% em agosto, refletindo ganhos acentuados nos setores de alimentação e recreação, de acordo com dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgados hoje (1).

Em setembro, o grupo Educação, Leitura e Recreação registrou salto de 3,19%, após ganho de apenas 0,05 em agosto, impulsionado principalmente por uma alta de 39,62% nos preços das passagens aéreas.

LEIA MAIS: IBGE: inflação na indústria fica em 3,28% em agosto, maior alta desde 2014

O grupo Alimentação também se destacou na leitura de setembro, registrando avanço de 1,81%, acelerando a alta ante a taxa de 0,81% apresentada no mês anterior. O destaque do mês foi o comportamento do arroz e feijão — dois alimentos básicos do cotidiano brasileiro –, que registraram alta de 10,92%.

Com esse resultado o IPC-S acumula alta de 2,42% no ano e 3,62% nos últimos 12 meses. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).