Ações da Quero-Quero sobem após resultado do 3º tri

Forbes/Reprodução

As ações da Quero-Quero mostravam forte valorização hoje (12), após lucro líquido de R$ 30,1 milhões no terceiro trimestre, mais do que o dobro do montante apurado um ano antes, com a receita operacional líquida crescendo 30%.

Às 10h40, horário de Brasília, os papéis da rede de varejo de material de construção e artigos para o lar, que estreou na bolsa em agosto, subiam 2,48%, a R$ 15,27. Na máxima até o momento, chegaram a R$ 15,56. Desde o IPO, as ações contabilizam uma alta de mais de 20%.

O resultado operacional da companhia medido pelo Ebitda ajustado cresceu 63%, para R$ 58,7 milhões, com a margem Ebitda ajustado passando a 12,9%, de 10,3% um ano antes.

“No geral, vemos isso como um resultado forte”, afirmaram analistas do Bradesco BBI, destacando que a empresa está capitalizando sobre tendências macroeconômicas favoráveis, bem como apresentando uma boa execução. Eles têm recomendação ‘outperform’ para a ação, com preço-alvo de R$ 19,00. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).