Clima é a maior preocupação dos investidores no mundo, revela BlackRock

Investidores planejam duplicar suas alocações em investimentos sustentáveis para os próximos cinco anos.

Redação
Compartilhe esta publicação:
getty
getty

75% dos investidores consideram importante investir em negócios que ajudem o meio ambiente

Acessibilidade


Com a pandemia e a maior disponibilidade de dados que fundamentam precisamente as decisões dos investidores nos últimos anos, o investimento sustentável se mostrou cada vez mais presente na decisão de onde investir o capital, demonstra a pesquisa Global Client Sustainable Investing Survey, da BlackRock, instituição que gerencia mais de US$ 7,81 trilhões em ativos mundiais.

Segundo o levantamento, 75% dos 425 investidores ouvidos em 27 países, com quase US$ 25 trilhões em ativos, consideram ser importante uma “abordagem integrada para enfrentar os riscos ambientais, sociais e de governança em seus portfólios”. De acordo com Mark McCombe, Chief Client Officer da BlackRock, após as pressões políticas e os avanços tecnológicos, a sustentabilidade se tornou o foco principal dos investidores.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Dos investidores entrevistados, 20% afirma que o Coronavírus acelerou os investimentos sustentáveis e 88% declara que o clima é a maior preocupação para o momento. No entanto, o relatório demonstra que 58% deles acreditam que para os próximos 5 anos, os problemas sociais serão os novos objetivos.

Contudo, 53% dos investidores declaram que existe pouca disponibilidade de dados e análises que meçam as práticas ambientais, sociais e de governança das empresas. De todo modo, McCombe afirma que os investidores estão exigindo iniciativas de sustentabilidade, “o que ajudará a construir portfólios com melhores ajustes de risco para o futuro”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Preocupações mundiais com investimentos sustentáveis

De acordo com a pesquisa da BlackRock, a demanda global por sustentabilidade é impulsionada por diferentes ambientes regulatórios. Enquanto na Europa, Oriente Médio e África, 51% dos investidores afirmam adotar as estratégias sustentáveis por “fazer a coisa certa”, nas américas, 49% informam que mitigar o risco é a segunda maior causa de adesão, logo em seguida de “mandato da diretoria ou gerência” com 45%.

“Criticamente, os motivos dos clientes para investir sustentavelmente mostra significativa variância regional. Para muitos investidores europeus, os benefícios da sustentabilidade são vistos pela lente do impacto social. Nos EUA, os investidores estão mais concentrados na gestão de risco e no desempenho do investimento”, finaliza McCombe.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: