PMI final de indústria dos EUA encerra 2020 na máxima em 6 anos

John Lamparski / GettyImages
John Lamparski / GettyImages

Índice atingiu o patamar mais baixo em mais de uma década em abril, com as medidas para conter o coronavírus

A atividade industrial dos Estados Unidos acelerou no ritmo mais forte em mais de seis anos em dezembro, ampliando a recuperação que elevou os preços de bens ao maior patamar desde 2011, conforme a pandemia de coronavírus afeta as cadeias de oferta.

O IHS Markit informou que seu PMI final de indústria dos EUA subiu a 57,1 em dezembro, de 56,7 em novembro e preliminar de 56,5. Leitura acima de 50 indica expansão.

O índice terminou 2020 no nível mais alto desde setembro de 2014, com o resultado de dezembro marcando o oitavo mês seguido de melhora, após o índice atingir o patamar mais baixo em mais de uma década em abril, diante das medidas de contenção ao coronavírus.

Com o subíndice de produção moderando a 58,3 no mês passado, de 59,2 em novembro, a melhora do PMI se deu principalmente pelos preços mais fortes, disse o IHS Markit. O subíndice de preços de produção subiu ao nível mais alto desde maio de 2011. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).