Confiança da indústria em março no Brasil deve cair a menor patamar em oito meses

Segundo a FGV, a queda é influenciada pela piora da situação corrente e diminuição das expectativas em relação aos próximos meses.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/DavidGray
REUTERS/DavidGray

Segundo a FGV, a queda é influenciada pela piora da situação corrente e diminuição das expectativas em relação aos próximos meses

Acessibilidade


A confiança da indústria no Brasil deve apresentar piora pelo terceiro mês consecutivo em março, mostraram dados preliminares da FGV (Fundação Getulio Vargas) hoje (19).

A prévia da Sondagem da Indústria de março sinaliza queda de 4,0 pontos do ICI (Índice de Confiança da Indústria) este mês, para 103,9 pontos. Caso o resultado se confirme, o índice chegará a seu menor patamar desde agosto de 2020, quando registrou 98,7 pontos.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Segundo a FGV, a queda no resultado prévio da confiança industrial ocorre influenciada pela piora da situação corrente e diminuição das expectativas em relação aos próximos meses.

O Índice de Situação Atual, que expressa a visão do setor sobre o momento presente, teve queda 4,1 pontos no resultado preliminar, para 110,8 pontos, enquanto o Índice de Expectativas, indicador da percepção em relação aos próximos meses, caiu 4,0 pontos, para 96,9 pontos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A divulgação desses dados ocorre num dos piores momentos da crise sanitária no Brasil, o que está levando governos estaduais e municipais a anunciarem novas medidas de restrição para conter a disseminação da Covid-19. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: