Investidores avaliam chinesa Ant em mais de US$ 200 bilhões após suspensão de IPO

Barcroft Media/Getty Images
Barcroft Media/Getty Images

Valor da Ant aumentou 31 vezes o lucro previsto para 2021

Alguns dos investidores globais do Ant Group avaliaram a fintech chinesa em mais de US$ 200 bilhões com base em seu desempenho em 2020, disseram à Reuters pessoas com conhecimento do assunto, oferecendo uma estimativa mais ponderada após a suspensão de seu IPO e uma reestruturação forçada.

O número está cerca de um terço acima da avaliação da Ant após sua última arrecadação de fundos em 2018, quando emergiu como a empresa de tecnologia não listada mais valiosa do mundo, mas está muito abaixo dos US$ 315 bilhões que ela veiculou para o que seria o maior IPO do mundo.

VEJA TAMBÉM: Ant irá separar unidade de dados de crédito; vê IPO em 2 anos, dizem fontes

O clima de euforia com a empresa foi desfeito quando o escrutínio regulatório atrapalhou a oferta pública inicial de ações de US$ 37 bilhões dias antes da estreia da Ant em novembro. A reestruturação imposta pelos reguladores para que respondesse como empresa financeira, em vez de tecnologia, também influenciou, uma vez que a primeira normalmente carrega valuations mais baixos, disseram fontes e analistas.

Os negócios da Ant no trimestre outubro-dezembro foram pouco afetados pelo escrutínio regulatório, disse um investidor. Ainda assim, o valuation revisado e o cronograma de listagem da afiliada do gigante de e-commerce Alibaba só devem ser conhecidos após a finalização da reestruturação.

As estimativas revisadas dos investidores sobre o valor da Ant, que irão determinar seus retornos, são relatadas aqui pela primeira vez.

O Warburg Pincus avaliou a Ant em cerca de US$ 220 bilhões no final do ano com base nos lucros de 2020 e análises comparáveis da empresa, disseram duas pessoas. No início do ano passado, a firma de private equity dos EUA vendeu parte de sua participação por US$ 90 milhões a um valuation de US$ 190 bilhões, disseram outras fontes.

Outro investidor disse que sua estimativa, com base nos últimos números financeiros do Ant, não era muito diferente da de Warburg.

As pessoas não quiseram ser identificadas devido a restrições de confidencialidade. Warburg e Ant não quiseram comentar.

LEIA TAMBÉM: IPO da LG Informática pode movimentar cerca de R$ 900 milhões

A Ant está mudando sua estrutura corporativa para a de uma holding financeira, após pressão regulatória para sujeitá-la a regras semelhantes às dos bancos.

A gigante da tecnologia financeira com sede em Hangzhou foi considerada uma empresa de tecnologia em 2018, quando levantou US$ 14 bilhões na maior arrecadação única de fundos do mundo e que a avaliou em cerca de US$ 150 bilhões.

Entre os investidores, estavam as empresas de private equity Warburg, Carlyle Group, General Atlantic e Silver Lake Partners, além do fundo soberano de Cingapura GIC e os acionistas Boyu Capital e Primavera Capital Group.

Na precificação do seu IPO, o valor da Ant subiu para cerca de US$ 315 bilhões, ou mais de 31 vezes o lucro líquido previsto para 2021.

Com o impacto desconhecido da reforma nos lucros, um investidor disse que avaliou Ant quase no mesmo montante que a empresa obteve com a rodada de arrecadação de fundos de 2018. Outro disse que marcou seu investimento no Ant a preço de custo, o que significa que não vê nenhum retorno por enquanto. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).