Amazon anuncia novo centro logístico em SP, o 9º no Brasil

A unidade vai reforçar o serviço de armazenagem e entrega de encomendas de lojistas que vendem por meio do marketplace da empresa.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Mike Segar/Reuters
Mike Segar/Reuters

O novo centro vai auxiliar o serviço de armazenagem e entrega de encomendas de lojistas que vendem por meio do marketplace da Amazon

Acessibilidade


A gigante norte-americana de comércio eletrônico Amazon anunciou hoje (13) a inauguração de um novo centro logístico em Cajamar, o segundo na cidade da Grande São Paulo e o nono no Brasil.

Segundo a companhia, a unidade vai reforçar o serviço de armazenagem e entrega de encomendas de lojistas que vendem por meio do marketplace da Amazon, o que ela chama de FBA (Fulfilment by Amazon), com ênfase no atendimento aos clientes do serviço por assinatura Prime, que têm direito a fretes grátis.

LEIA TAMBÉM: Na riqueza e na extrema riqueza: os casamentos, relacionamentos abertos e divórcios bilionários da Forbes 400

O novo complexo tem cerca de 57 mil metros quadrados de área.

O FBA vale para vendedores localizados no Estado de São Paulo que operam sob o regime tributário Simples Nacional.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Amazon havia anunciado em novembro passado a abertura de três centros logísticos adicionais no Brasil, em Minas Gerais (Betim), Distrito Federal (Santa Maria) e Rio Grande do Sul (Nova Santa Rita).

A ampliação da estrutura logística ocorre em meio à corrida de gigantes como Mercado Livre e Magazine Luiza para reduzir os prazos de entrega e ganhar mercado do comércio eletrônico no Brasil, que teve impulso desde o ano passado com o isolamento social devido à pandemia da Covid-19. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: