Minério de ferro salta na China com preocupações sobre oferta

Bloomberg Creative/Getty Images
Bloomberg Creative/Getty Images

Os futuros do minério de ferro avançaram até 5,4% na bolsa chinesa de Dalian hoje (9)

Os futuros do minério de ferro avançaram hoje (9), com o contrato de referência na bolsa chinesa de Dalian chegando a subir 5,4% após três dias de baixa, à medida que preocupações com a oferta impulsionaram as cotações do material usado na fabricação do aço.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de commodities de Dalian, para entrega em setembro, encerrou o pregão diurno com alta de 4%, a 1.175 iuanes (US$ 183,78) por tonelada, após chegar a saltar mais cedo para 1.191,50 iuanes.

LEIA MAIS: Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em maio e destaca pressões globais

O contrato para julho na bolsa de Cingapura subia mais de 2%, para cerca de US$ 205 por tonelada.

O minério de ferro fechou com ganhos mesmo após nova promessa do órgão de planejamento da China de ampliar o monitoramento dos preços das commodities e a fiscalização do mercado.

As preocupações com a oferta de minério de ferro na China também impulsionaram os preços spot, com o minério teor de 62% avançando para US$ 209 por tonelada ontem (8), maior nível desde 19 de maio, segundo dados da consultoria SteelHome.

Os estoques de minério de ferro em portos chineses recuaram para 127,65 milhões de toneladas na semana passada, o menor nível desde 5 de fevereiro, enquanto as chegadas de importações ao país foram menores que na semana anterior e que os volumes de há um ano atrás, segundo a empresa de dados de metais SMM.

Os embarques da australiana Rio Tinto devem recuar, enquanto a Vale teve operações de duas minas impactadas por uma interdição, com efeitos sobre a produção de 40 mil toneladas por dia.

“Poderemos ver o começo do impacto das paralisações dessa semana nos dados de exportação da próxima semana”, disse Kaan Peker, da RBC Capital Markets, em nota.

LEIA MAIS: Empresas brasileiras foram impactadas por montanha-russa no minério de ferro em maio

“Antecipamos importações marginalmente menores (em base mensal) da China junto a Brasil e Austrália”, disse ele, acrescentando que volumes da Índia também foram impactados pelo clima.

Do lado da demanda, alguns analistas afirmam que as perspectivas para produtos siderúrgicos na China seguem boa, apesar de dados comerciais mais fracos de maio, devido à sólida recuperação econômica global que deve impulsionar as exportações chinesas.

O aço para construção na bolsa de Xangai fechou em alta de 1,3%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).