JBS tem lucro de R$ 4,4 bilhões no 2º trimestre, o melhor da história da companhia

A companhia de alimentos obteve alta de 29,7% no comparativo anual, impulsionada pelo desempenho das operações na América do Norte

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A JBS, segunda maior companhia de alimentos do mundo, reportou lucro líquido recorde de R$ 4,4 bilhões no segundo trimestre, alta de 29,7% no comparativo anual, impulsionada pelo desempenho das operações na América do Norte, conforme balanço divulgado hoje (11).

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da empresa também atingiu máxima histórica ao fechar o trimestre em R$ 11,7 bilhões, avanço de 10,3% na mesma base de comparação.

LEIA MAIS: JBS compra a australiana Huon por R$ 2,1 bilhões e entra no setor de peixe

Na mesma linha, a receita líquida consolidada subiu 26,7%, para R$ 85,6 bilhões.

“Esse trimestre que estamos apresentando agora, o segundo, é o melhor de todos os trimestres da história da companhia. É o melhor em faturamento, em lucro líquido e o melhor operacional, em termos de Ebitda”, disse à Reuters o CEO global da JBS, Gilberto Tomazoni.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Com isso, a empresa anunciou que fará a antecipação de distribuição de dividendos intercalares no valor de R$ 2,5 bilhões, o que representa R$ 1 por ação, a serem pagos em 24 de agosto de 2021.(Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: