Bolsas asiáticas recuam sob pressão da incorporadora chinesa Evergrande

As ações da companhia chinesa tiveram queda de mais de 10%

Redação
Compartilhe esta publicação:
Bobby Yip/Reuters
Bobby Yip/Reuters

Visão externa do China Evergrande Centre em Hong Kong

Acessibilidade


As ações asiáticas recuaram hoje (20), no início de uma semana cheia de reuniões de bancos centrais no mundo, com uma tórrida sessão para a incorporadora mais endividada do mundo, a China Evergrande, derrubando o mercado de Hong Kong para uma mínima em quase um ano.

Feriados no Japão, China e Coreia do Sul mantiveram os volumes de negociação baixos. O índice Hang Seng de Hong Kong recuou 3,3%.

LEIA TAMBÉM: Chinesa Evergrande começa a pagar com imóveis investidores em produtos de gestão de patrimônio

As ações da China Evergrande despencaram mais de 10% depois de chegarem a cair até 19%, para mínimas em 11 anos. Suas unidades listadas também recuaram, com os investidores preocupados sobre a capacidade da empresa de pagar uma pequena fatia de sua dívida de US$ 305 bilhões que vence na próxima quinta-feira (23).

O índice da MSCI de ações da Ásia-Pacífico fora do Japão chegou a cair 1,8%, para o nível mais baixo desde 24 de agosto, enquanto as ações na Austrália perderam 2%.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Faz parte de uma correção que de certa forma já deveria ter acontecido, e reflete parcialmente as incertezas sobre as perspectivas de crescimento”, disse Shane Oliver, chefe de estratégia de investimento da AMP Capital.

A semana terá decisões de política monetária nos Estados Unidos, Japão, Suíça, Suécia, Brasil, África do Sul, Turquia e Hungria, entre outros.

Com graves problemas de liquidez, a Evergrande começou a pagar investidores em seus produtos de gestão de patrimônio com bens de imóveis, disse uma unidade de sua principal empresa Hengda Real Estate Group Co Ltd na última semana.

VEJA MAIS: Shell busca novas fontes de receita e aposta em energia renovável

No início deste mês, um documento na bolsa de valores mostrou que a Evergrande havia pago 219,5 milhões de iuanes em dívidas vencidas devido ao fornecedor Skshu Paint Co Ltd na forma de apartamentos em três projetos imobiliários inacabados.

Em 10 de setembro, Evergrande prometeu reembolsar todos os seus produtos de gestão de patrimônio vencidos o mais rápido possível.

As bolsas asiáticas fecharam hoje (20) em:

  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 3,30%, a 24.099 pontos
  • Em Sidnei, o índice S&P/ASX 200 recuou 2,10%, a 7.248 pontos
  • Em Singapura, o índice Straits Times desvalorizou 0,96%, a 3.031 pontos
  • Em Taiwan, o índice Taiex não operou nesta segunda-feira
  • Em Seul, o índice Kospi não operou nesta segunda-feira
  • Em Xangai, o índice SSEC não operou nesta segunda-feira
  • Em Tóquio, o índice Nikkei não operou nesta segunda-feira
  • O íbduce CSI300 não operou nesta segunda-feira

(Com Reuters)

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTubeChina Evergrande
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: