Congresso Nacional promulga partes remanescentes da PEC dos Precatórios

Deputados chancelaram boa parte das alterações inseridas por senadores.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Ontem, a Câmara concluiu a votação em dois turnos dos trechos remanescentes da PEC dos Precatórios

Acessibilidade


O Congresso Nacional promulgou hoje (16) as partes pendentes da PEC dos Precatórios, editada na intenção de abrir espaço fiscal de mais de R$ 100 bilhões e permitir o pagamento do novo programa social Auxílio Brasil.

Na véspera, a Câmara concluiu a votação em dois turnos dos trechos da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios pendentes de aprovação pela Casa.

LEIA TAMBÉM: Câmara conclui votação de pontos remanescentes da PEC dos Precatórios

Partes da PEC que contavam com o consenso das duas Casas já haviam sido promulgadas na última semana, mas mudanças promovidas pelo Senado haviam ficado com votação pendente para esta semana na Câmara.

Deputados chancelaram boa parte das alterações inseridas por senadores, como o caráter permanente do Auxílio Brasil, a vinculação do espaço fiscal a ser aberto com a mudança na regra de pagamento de precatórios a gastos com seguridade social e ao novo programa de distribuição de renda, e o limite para a quitação dessas dívidas judiciais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Retiraram do texto, no entanto, o calendário de pagamento dos precatórios do Fundef a cada ano.

Compartilhe esta publicação: