Ibovespa opera em queda no aguardo da divulgação do payroll

O dólar era negociado com avanço de 0,25%, a caminho de encerrar a primeira semana de 2022 em alta.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa opera hoje (7) em queda de 0,20%, a 101.355 pontos, às 10h26 de Brasília. Agentes do mercado aguardam a divulgação de um importante relatório de emprego dos Estados Unidos, o “payroll”, que tem potencial de reforçar expectativas de aumentos de juros antecipados na maior economia do mundo.

Os dados do Departamento do Trabalho norte-americano, que serão divulgados ainda nesta manhã, devem mostrar a abertura de 400 mil vagas de trabalho no mês passado, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas. Se o resultado corresponder às expectativas, um total de 6,5 milhões de postos terão sido criados em 2021.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Caso a leitura forte seja confirmada, ela deverá intensificar as apostas em um aumento de juros pelo Federal Reserve, o banco central norte-americano, já em março deste ano, perspectiva que foi impulsionada nesta semana pela divulgação da ata da última reunião de política monetária da instituição.

O dólar era negociado com avanço de 0,25%, a caminho de encerrar a primeira semana de 2022 em alta.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Custos de empréstimos mais altos nos EUA elevam a atratividade dos títulos soberanos do país, o que tende a aumentar o fluxo de recursos para lá e, consequentemente, apoiar o dólar frente a moedas mais arriscadas.

O mercado acionário da Ásia fechou sem rumo único nesta sexta-feira, com a fraqueza nas ações de tecnologia compensando a recuperação nos papéis do setor imobiliário. Investidores também continuam a analisar os impactos de um aumento de juros mais rápido do que o esperado pelo Federal Reserve, banco central norte-americano.

O índice Hang Seng, em Hong Kong, encerrou o dia com alta de 1,82%, liderando os ganhos entre os principais mercados. As ações da China Evergrande estiveram entre os principais destaques positivos da sessão, registrando avanço de 4,85%.

Na China continental, porém, o índice Shangai fechou em queda de 0,18%. Mais cedo na sessão, o mercado havia subido depois que Pequim reiterou a necessidade de priorizar a estabilidade econômica, conforme investidores se agarravam a novas esperanças de flexibilização da política monetária.

O Nikkei, índice do Japão, cedeu 0,03%, aprofundando as perdas de 3% registradas ontem (6). (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: