Lucro trimestral da ADM salta 53% com oferta limitada de commodities essenciais

As ações da ADM subiram 33,5% durante o primeiro trimestre depois que os preços das commodities alimentícias dispararam.

Reuters
Compartilhe esta publicação:

As ações da ADM subiram 33,5% durante o primeiro trimestre

Acessibilidade


A Archer-Daniels-Midland divulgou hoje um salto de 53% em seu lucro do primeiro trimestre, uma vez que a trading global de grãos foi ajudada pela maior demanda e pela oferta apertada de safras.

Comerciantes de grãos têm visto maior demanda por commodities que são embarcadas ao redor do mundo, depois que a guerra Rússia-Ucrânia interrompeu os envios da região do Mar Negro.

As duas nações em conflito fornecem 29% das exportações mundiais de trigo, um quinto do milho comercializado globalmente e cerca de 80% do óleo de girassol.

As ações da ADM subiram 33,5% durante o primeiro trimestre depois que os preços das commodities alimentícias dispararam.

“Olhando para o futuro, esperamos que a oferta reduzida de safras –causada pela fraca safra de canola canadense, as colheitas menores da América do Sul e agora as interrupções na região do Mar Negro– impulsione o aperto contínuo nos mercados globais de grãos nos próximos anos”, disse o CEO da companhia, Juan Luciano, em um comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O lucro líquido atribuível à ADM foi de 1,05 bilhão de dólares, ou 1,86 dólares por ação, nos três meses encerrados em 31 de março, comparado a 689 milhões de dólares, ou 1,22 dólar por ação, há um ano.

Compartilhe esta publicação: