Vendas de distribuidores de aços planos sobem, mas setor segue cauteloso com estoques

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


SÃO PAULO (Reuters) – Os distribuidores de aços planos do Brasil tiveram alta de vendas em maio na comparação com abril, mas o setor responsável por cerca de um terço do consumo de aço das usinas siderúrgicas do país está cauteloso sobre elevação de estoques, principalmente em um momento de incertezas e volatilidade cambial.

As vendas do setor subiram 3,l% em maio ante abril e recuaram 2,6% em relação a maio de 2021, para 312 mil toneladas, segundo números divulgados nesta terça-feira pela entidade que representa os distribuidores, Inda.

A expectativa para junho é que as vendas recuem 5% ante maio e que as compras de aço pelos comerciantes do setor caiam 10%, afirmou o presidente do Inda, Carlos Loureiro, a jornalistas.

Segundo ele, o ambiente de cautela, apoiado ainda por uma queda nos preços internacionais do aço, tem forçado as usinas a reverem parte dos aumentos de preços da liga anunciados no Brasil em meses anteriores.

“Com o mercado abastecido e preços em tendência de queda, todo mundo (distribuidores) se retém nas compras…A rede de distribuição está com estoques para 2,5 meses de vendas e isso é um número baixo”, disse Loureiro.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Dificilmente vamos ter aumentos de preços de aço das usinas nos próximos meses”, afirmou.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Compartilhe esta publicação: