Usiminas tem queda de 77% no lucro do 2º trimestre; veja os destaques do Radar

Últimas notícias sobre: Vale, Petrobras, Hypera, Multiplan, ISA Cteep, Vamos, Vulcabras, Ecorodovias, Marisa, JBS, CCR e Equatorial

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (29), Usiminas registra queda de 77% no lucro líquido do segundo trimestre do ano.

Petrobras, Vale, Hypera, Multiplan, ISA Cteep, Vamos e Vulcabras reportaram lucro no segundo trimestre de 2022.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Confira os destaques:

Usiminas (USIM5)

A Usiminas reportou queda de 77% no lucro líquido do segundo trimestre de 2022. O montante atingiu R$ 1 bilhão ante os R$ 4,5 bilhões do mesmo período do ano passado, de acordo com o documento enviado ao mercado na manhã de hoje.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A receita líquida da companhia também recuou 11% nos primeiros três meses do ano, atingindo R$ 8,5 bilhões.

Petrobras (PETR3/PETR4)

A Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 54,3 bilhões no segundo trimestre, na esteira da escalada dos preços do petróleo e dos derivados, com alta de 26,8% no resultado ante o mesmo período do ano passado, informou a companhia na noite de ontem (28).

A guerra na Ucrânia, que ajudou a impulsionar os preços do petróleo e os ganhos da companhia, também gerou uma mudança nos fluxos de exportação da Petrobras, que agora passou a ter a Europa como principal destino.

O lucro veio 43% acima do resultado esperado por uma pesquisa da Refinitiv, de R$ 38 bilhões.

Vale (VALE3)

A Vale registrou um lucro líquido de US$ 6,2 bilhões no segundo trimestre, queda de cerca de 18% em comparação ao mesmo período de 2021, com impacto de preços menores do minério de ferro, seu principal produto.

Mas o valor ficou acima do esperado por pesquisa realizada pela Refinitiv, de US$ 2,8 bilhões, em meio a um aumento no resultado financeiro líquido da companhia, que mais que dobrou para US$ 821 milhões.

Hypera (HYPE3)

A Hypera teve queda no lucro do segundo trimestre, mas o desempenho veio melhor do que o esperado pelo mercado.

A empresa, dona de marcas como Dramin, Addera, Benegrip e Buscopam, divulgou ontem (28) um lucro líquido de R$ 456 milhões de abril a junho, queda de 3,1% ante mesmo período do ano passado.

O desempenho foi atingido por um salto nas despesas financeiras, que cresceram quase três vezes no período, e expansão das despesas com vendas gerais e administrativas.

Multiplan (MULT3)

O lucro da Multiplan subiu forte no segundo trimestre, refletindo vendas crescentes em seus shopping centers, diante da normalização do comércio após o fim do isolamento social adotado durante a pandemia de Covid-19.

A companhia anunciou que seu lucro líquido de abril a junho somou R$ 172,55 milhões, um salto de 84% sobre a mesma etapa de 2021. O resultado foi favorecido por uma combinação de forte aumento das receitas e de uma alíquota menor de impostos.

ISA Cteep (TRPL4)

A transmissora de energia ISA Cteep encerrou o segundo trimestre com um lucro líquido de R$ 74,1 milhões, queda de 70,1% no comparativo anual.

O desempenho na última linha do balanço foi afetado principalmente por uma piora do resultado financeiro, que ficou negativo em R$ 301 milhões no período, um aumento 117,5% se comparado à despesa financeira do segundo trimestre de 2021.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) atingiu R$ 555 milhões, 12% abaixo do registrado um ano antes.

Vamos (VAMO3)

A Vamos (VAMO3) lucrou R$ 142,5 milhões no segundo trimestre de 2022, alta de 42% ante o mesmo período do ano passado. O Ebitda da companhia somou R$ 450,4 milhões, uma alta de 77,5% na comparação anual, enquanto a receita avançou 80%, para R$ 1,1 bilhão.

Vulcabras (VULC3)

A Vulcabras reportou lucro líquido 207,4% maior no 2T22, para R$ 95 milhões.

Ecorodovias (ECOR3)

A Ecorodovias teve prejuízo líquido de R$ 13 milhões no segundo trimestre do ano, revertendo lucro líquido de R$ 127,4 milhões na mesma etapa de 2021.

Marisa (AMAR3)

A Marisa anunciou que Carla Schmitzberger e Cristina Ribeiro Sarian renunciaram a suas cadeiras no conselho de administração da companhia, deixando o colegiado da varejista, conhecida por seus negócios de moda feminina, apenas com homens.

Isso porque Dilson Batista dos Santos e Marcelo Adriano Casarin foram os escolhidos para substituí-las. Até então, elas eram as únicas mulheres entre os seis integrantes do conselho – ambas eram membros independentes.

JBS (JBSS3)

A JBS informou ao mercado que antecipou o pagamento de US$ 500 milhões de um empréstimo realizado pela JBS USA. A movimentação reduziu o montante total de aproximadamente US$1,8 bilhão para US$1,3 bilhão.

CCR (CCRO3)

A CCR informou que celebrou um termo aditivo com a controlada Rodovias Integradas do Oeste (SPVias) e a Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, para que a SPVias assuma a execução dos novos investimentos referentes à obra de prolongamento da duplicação de trecho urbano do município de Itapeva.

Equatorial (EQTL3)

A Equatorial informou que o volume de energia injetada na rede cresceu 0,8% no segundo trimestre na comparação anual, para 10.701 GWh. (Com Reuters)

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: