Uber tem fluxo de caixa positivo pela 1ª vez e ações sobem

A Uber gerou fluxo de caixa livre de US$ 382 milhões no segundo trimestre, superando as expectativas dos analistas de US$ 263,2 milhões

Reuters
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

O crescimento em seus negócios de entrega de alimentos desacelerou, mas a Uber espera que o modelo se torne o padrão para os consumidores, à medida que a empresa continua a adicionar novos parceiros

Acessibilidade


A Uber anunciou hoje (02) um fluxo de caixa trimestral positivo pela primeira vez, enquanto projetou resultado operacional no terceiro trimestre acima das estimativas do mercado, com aposta de demanda sólida pelos seus serviços de transporte e entrega de alimentos.

As ações da Uber, que caíram mais de 40% em 2022, subiam 15%, para US$ 28,41 cada e ajudavam a impulsionar um ganho de 8% nos papéis da rival Lyft.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A Uber gerou fluxo de caixa livre de US$ 382 milhões no segundo trimestre, superando as expectativas dos analistas de US$ 263,2 milhões, já que as corridas ultrapassaram os níveis pré-pandemia, impulsionadas pela reabertura de escritórios e um aumento na demanda de viagens.

O número de motoristas e entregadores em sua plataforma aumentou 31%, para um recorde histórico de quase 5 milhões, aliviando preocupações dos efeitos do aumento dos preços da gasolina nas novas adições.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Isso mesmo: mais pessoas estão ganhando no Uber hoje do que antes da pandemia”, disse o presidente-executivo da companhia, Dara Khosrowshahi.

O crescimento em seus negócios de entrega de alimentos desacelerou, mas a Uber espera que o modelo se torne o padrão para os consumidores, à medida que a empresa continua a adicionar novos parceiros.

A receita do segmento de entregas aumentou 37% contra um ano antes, para US$ 2,69 bilhões, enquanto a do negócio de corridas subiu 120%, para US$ 3,55 bilhões, no trimestre encerrado em 30 de junho.

Analistas esperavam receita de US$ 2,58 bilhões em entrega e US$ 2,93 bilhões em transporte.

As reservas brutas, ou o valor total das reservas feitas em sua plataforma, aumentaram 33%, para US$ 29,1 bilhões.

O Ebitda ajustado da Uber no trimestre foi de US$ 364 milhões, superando as estimativas de US$ 257,89 milhões.

A empresa espera agora Ebitda ajustado entre US$ 440 milhões e US$ 470 milhões no terceiro trimestre, bem acima da estimativas de US$ 383,95 milhões, segundo dados compilados pelo IBES, da Refinitiv, com analistas.

Compartilhe esta publicação: