Saiba quais são as oportunidades de negócios que precisam de mais vozes femininas

Se você é uma mulher de negócios, considere fazer a diferença em um ou mais desses setores emprestando sua voz.

YEC Woman
Compartilhe esta publicação:

O Conselho de Jovens Empreendedoras acham que essas áreas de negócios precisam de mais vozes femininas.

Acessibilidade


A partir das muitas demissões e mudanças de carreira em 2020, as mulheres voltaram seus olhos para o empreendedorismo. Junto com a atração de trabalhar para si mesma, veio a oportunidade de começar do zero em um novo espaço e talvez até mesmo em uma nova indústria. De acordo com um painel de mulheres empresárias do Conselho de Jovens Empreendedores (YEC), confira seis oportunidades de negócio de áreas que poderiam beneficiar fortemente do envolvimento de outras mulheres profissionais. Se você é uma mulher de negócios, considere fazer a diferença em um ou mais desses setores emprestando sua voz.

1. Codificação e desenvolvimento web

Este é um campo predominantemente dominado por homens. É um setor que só se tornará mais importante e relevante no futuro, à medida que continuamos a mudança em direção à digitalização de cada faceta de nossas vidas. Ter mais representação feminina neste espaço abriria mais possibilidades não só para as mulheres, mas também para uma experiência B2B mais diversificada. Mulheres empresárias que têm ao menos um conhecimento básico de codificação e desenvolvimento web, estariam a frente de seus colegas empreendedores, o que, por sua vez, impulsionará seus negócios ainda mais longe. – Emily Stallings, Casely, Inc.

Leia Mais: Confira 6 dicas de carreira das C-levels para as mulheres em 2022

2.Investidora-Anjo

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As mulheres lutam muito com o fluxo de caixa ao iniciar um negócio; isso pode dificultar os lucros. O “clube dos meninos” do capital de risco pode intimidar as mulheres e nos fazer sentir indignas de lançar ou dividir espaço com uma sala cheia de energia masculina. Esse desequilíbrio precisa de um ajuste. Mesmo na cultura pop e programas como Shark Tank, as mulheres investidoras são poucas e distantes entre si. As mulheres receberam apenas 2,3% do financiamento de capital de risco em 2020 (um número reduzido em relação ao ano anterior). Mulheres que dar o ponta pé inicial, dirigem e vendem negócios, servem como exemplos, mas aparecem como unicórnios ilustres. Apoiar as mulheres por meio de financiamento diminui o desequilíbrio. – Libby Rothschild, chefe da dietist

3. Serviços de correio

O serviço de correios, ou courier, está tão “na moda” agora! É muito fácil começar e, com a estratégia de marketing certa, seu negócio crescerá rapidamente. Você só precisa de habilidades de TI e marketing, além de opções de veículos e está pronto. Com as conexões e relações públicas certas, ele crescerá ainda mais rápido. – Daisy Jing, Banish

4. Lançamento de imóveis residenciais

Adoraria ver mais mulheres empresárias envolvidas no mercado imobiliário residencial para comprar, renovar e virar. No entanto, a maioria dos programas de televisão no ar e a literatura disponível agora foram desenvolvidos por homens ou os homens estiveram envolvidos de alguma forma. Eu gostaria de ver um centro de educação e recursos criado por mulheres e dedicado exclusivamente à elas. – Kristin Kimberly Marquet, Marquet Media, LLC

5. Negócios e gestão de alta tecnologia

Mulheres trazem uma perspectiva diferente e extremamente útil para as soluções de problemas – uma perspectiva que muitas vezes falta na liderança superior em empresas de alta tecnologia. Sem mencionar que mais envolvimento nessa área ajudaria a acabar com o estereótipo de que as empresas fundadas por mulheres normalmente estão em categorias múltiplas inferiores. – Cooper Harris, Klickl

6. Criptomoeda e NFTs

Mulheres empreendedoras deveriam estar em todos os setores, mas adoraria ver mais mulheres no NFT e na criptografia porque, ao tentar me educar sobre esses tópicos no setor financeiro, vejo principalmente opiniões, artigos e empresas sendo liderado por homens. – Kelsey Raymond, Influence & Co.

 

 

 

Compartilhe esta publicação: