Joe Jonas destina US$ 1,8 milhão em capital semente à startup Mindright

Cantor espera promover a saúde mental por meio de comidas feitas com ingredientes que melhoram o humor.

Alexandra Sternlicht
Compartilhe esta publicação:
Laurence Griffiths/Getty Images
Laurence Griffiths/Getty Images

O cantor Joe Jonas anunciou que fez um investimento semente de US$ 1,8 milhão na startup de superalimento Mindright

Acessibilidade


Todas as manhãs de domingo, Joe Jonas abre o seu notebook e entra no Zoom para coapresentar uma aula de meditação de 45 minutos com o monge que virou um guru celebridade Jay Shetty. Entre gravar o filme “Devotion”, sobre a Guerra da Coreia, e ajustar a vida como um novo pai, ele diz que priorizar sua saúde mental nunca foi tão importante. “Por mais que estejamos todos em nossas pequenas bolhas durante a quarentena, eu ainda tento ficar comigo mesmo”, ele diz. “Isso volta à minha mente. É o que você coloca em seu corpo e o que você come.”

Já que comer bem é mais fácil de dizer do que fazer – até mesmo para Jonas, que reconhecidamente luta para resistir à “mesa de coisas deliciosas” no set – ele decidiu começar a agir, anunciando na última terça-feira (9) que fez um investimento semente de US$ 1,8 milhão na startup de superalimento Mindright. O jovem de 31 anos, que levou para casa uma fatia de US$ 68,5 milhões que a Forbes estima que os Jonas Brothers ganharam em 2020, investiu ao lado de Marcus Lemonis, do “The Profit”, da CNBC, e do músico Travis Barker.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

“Não é apenas uma bara”, diz Jonas, que entrou na lista de 2018 da Forbes 30 Under 30 de música após seu single “Cake by the Ocean” com o grupo DNCE atingiu 1 bilhão de streams. “É o que vem com a barra – esse aspecto da saúde mental, é algo que realmente atingiu a mim e à minha esposa.”

Cofundada pelo ex-skatista profissional e estrela de reality da televisão Rob Dyrdek e o ex-aluno da CPG Chris Bernard em 2021, a Mindright vende barrinhas anunciados como estimulantes, graças a uma mistura de ashwagandha, ginseng, Triglicerídeos de Cadeia Média (TCM) e cordyceps – o que chama de “Happy Brain Blend” (Mistura para um cérebro feliz, em tradução livre). A receita da Mindright é inspirada no uso histórico da medicina homeopática destes ingredientes para reduzir o estresse e levantar o ânimo. As barras de 210 calorias, veganas e sem glúten, vêm em três sabores: pasta de amendoim, amêndoa de mirtilo e coco torrado, e são vendidas apenas na Amazon e no site de e-commerce da empresa. A empresa pretende, em breve, entrar para o varejo com lojas físicas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A saúde do cérebro, em geral, sempre remonta ao modo como você cuida do seu corpo”, diz Dyrdek. “A próxima fronteira é como você come alimentos mais saudáveis ​​e, em seguida, adiciona esses ingredientes ativos que, em última análise, ajudam a manter o cérebro e a apoiar o humor.”

O investimento de Jonas na Mindright é apenas uma parte do trabalho que ele e sua esposa e atriz Sophie Turner estão fazendo para promover a saúde mental, incluindo o desenvolvimento de uma fundação que atualmente está em estágio inicial. “A saúde mental é uma prioridade para mim: ela afeta tudo – desde como você lida com o estresse, se relaciona com os outros e as escolhas que você faz. E à medida que fui ficando mais velho, quis fazer a minha parte”, diz.

Este também é apenas o seu mais recente investimento. Embora Jonas seja talvez mais conhecido pela sua atuação na música – além dos Jonas Brothers, ele teve uma carreira solo, liderando a banda DNCE, estrelou o “Camp Rock”, da Disney, e apresentou a série de viagens “Cup of Joe”, da plataforma Quibi -, ele vem aumentando seu portfólio de risco desde 2020, quando investiu na caneca de autoaquecimento Ember. Desde então, ele também participou do investimento semente do spray antisséptico para as mãos da Emu e do SPAC (empresa de aquisição de propósito específico) da empresa de cannabis de Jay-Z, Monogram, em novembro de 2020.

“Não sei se você ainda vai me ver no Shark Tank, mas eu gosto disso”, diz Jonas. “Se faz sentido e parece certo, então estou feliz por fazer parte de algo pelo qual sou apaixonado. Com a Mindright, era como, ‘Mal posso esperar para mostrar essas coisas’.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: