MadeiraMadeira anuncia primeira aquisição depois de se tornar unicórnio

De olho na ampliação da malha logística, companhia adquire a startup iTrack Brasil.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Os fundadores da MadeiraMadeira, da direita para a esquerda: Marcelo Scandian, Daniel Scandian, e Robson Privado

Acessibilidade


Um semestre depois de captar US$ 190 milhões (R$ 950 milhões, na cotação atual) em sua série E e se transformar em unicórnio, o marketplace de produtos de casa e decoração MadeiraMadeira anunciou sua primeira aquisição. Em meio ao incremento do comércio eletrônico constatado durante o isolamento social, a companhia informou hoje (9) a compra da startup iTrack Brasil, que detém soluções voltadas ao monitoramento e gestão de cada etapa da distribuição de produtos, com o objetivo de ampliar sua malha logística. O valor da transação não foi divulgado.

O cofundador e CEO da MadeiraMadeira, Daniel Scandian, diz que a aquisição foi uma forma de juntar forças para continuar crescendo em ritmo acelerado. “”Passamos a perceber que nosso alto crescimento, saudável e constante, não aconteceria apenas de maneira orgânica como foi nos últimos anos”, afirma. Segundo o executivo, a compra da iTrack Brasil chega para acrescentar uma solução já testada e validada no mercado para dentro de casa.

VEJA TAMBÉM: MadeiraMadeira recebe novo aporte de US$ 190 milhões e vira unicórnio brasileiro

A compra é uma forma de ampliar a malha logística – de distribuição e entrega dos produtos – da MadeiraMadeira. Hoje, a companhia conta com a transportadora Bulky Log, que possui 14 unidades operacionais, como o centro de distribuição em Jundiaí (SP) de mais de 35 mil metros quadrados, e outros pontos responsáveis pela chamada “última milha”. “Acreditamos que o nosso cliente deve ter a melhor experiência de entrega e, para que isso seja possível, estamos fazendo diversos investimentos na área de logística e tecnologia”, diz Scandian.

Com a aquisição, a iTrack Brasil terá gestão autônoma, mas fará parte do grupo MadeiraMadeira. O fundador e CEO da startup, Daniel Drapac, diz que a operação mostra o valor da solução desenvolvida. “É um grande marco para a história da nossa companhia e um verdadeiro reconhecimento de que estamos no caminho certo ao prover ferramentas que resolvem problemas e aproximam a cadeia de suprimentos”, diz.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: