Startup de NFT de Tom Brady levanta US$170 mi em captação

A startup criada em 2021 opera uma plataforma de NFT envolvendo itens colecionáveis de celebridades esportivas, do entretenimento e cultura.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Tom Brady no Raymond James Stadium
Tom Brady no Raymond James Stadium

A startup criada em 2021 opera uma plataforma de NFT envolvendo itens colecionáveis de celebridades esportivas, do entretenimento e cultura

Acessibilidade


A Autograph, plataforma de tokens não fungíveis (NFT) co-fundada pelo astro do futebol americano Tom Brady, anunciou hoje (19) que levantou 170 milhões de dólares em uma rodada de captação de recursos liderada pelas empresas de capital de risco Andreessen Horowitz e Kleiner Perkins.

A startup criada ano passado opera uma plataforma de NFT envolvendo itens colecionáveis de celebridades esportivas, do entretenimento e cultura.

Os atletas Naomi Osaka, Tiger Woods, Simone Biles, Tony Hawk e Usain Bolt estão entre os membros de seu conselho.

A captação anunciada nesta quarta-feira ocorreu seis meses depois de uma rodada série a na qual a empresa levantou 35 milhões de dólares sendo avaliada em 700 milhões de dólares, segundo dados da PitchBook.

Compartilhe esta publicação: