Meta registra patente para NFTs e criptomoedas

Dona do Facebook entrou com pedido para oito tipos de elementos que vão desde logos até símbolos que remetem à marca.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

Desde o ano passado, a Meta se empenha de forma mais efetiva na construção de um metaverso

Acessibilidade


A Meta, dona do Facebook, Instagram e WhatsApp, empenhada na construção de um metaverso, entrou com registro de patente de oito elementos relacionados ao mundo de NFTs e criptomoedas. Foram documentados desde o logo da empresa até ícones que remetem à marca. Os procedimentos foram feitos no Departamento de Patente e Marca Registrada dos EUA.

A ação tem reflexo direto na estratégia da empresa de ampliar os ativos relacionados ao metaverso. Entre eles, NFTs, Mark Zuckerberg, em participação no SXSW, festival de inovação que ocorreu na semana passada, em Austin, no Texas, afirmou que em breve os tokens não fungíveis chegarão ao Instagram.

LEIA TAMBÉM: Assim como a Nike, outras marcas de moda já miram o metaverso

O movimento de patentes de ativos virtuais tem sido cada vez mais comum. Em novembro do ano passado, a Nike solicitou um registro de patente para uso da marca. Na prática, a empresa está protegendo sua marca na categoria que, segundo o Escritório de Marcas e Patentes dos EUA, se enquadra em “bens virtuais para download”. Dentre os objetos solicitados estão bolsas, mochilas, óculos e bonés das marcas Nike, Jordan e também do slogan Just do It.

Compartilhe esta publicação: