Game feito por brasileiros permite ganhar dinheiro coletando e vendendo NFTs

Desenvolvedora canadense MoonLabs, liderada por Sergio Nunes, em parceria com a empresa Klever, lançou o jogo em blockchain Devikins.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Reprodução

Embora o jogo seja gratuito, oferece a possibilidade de ganhar dinheiro real coletando e vendendo NFTs exclusivos, ou obtendo DVKs.

Acessibilidade


Play to earn: o termo que remete a jogos que permitem recompensas em criptomoedas é mais um pertencente ao ecossistema baseado em blockchain. De olho nesta indústria, várias iniciativas lideradas por brasileiros estão sendo criadas. A desenvolvedora canadense MoonLabs Studios, liderada por Sérgio Unes, uniu-se à empresa de criptomoedas Klever para criar o Devikins.

O jogo mobile do gênero RPG permite a criação de personagens e a possibilidade de os jogadores serem recompensados com criptomoedas. É o primeiro jogo do MoonLabs que tem sede no Canadá, mas que mantém metade da equipe com profissionais brasileiros. Nunes saiu da EA, onde atuava no desenvolvimento do Fifa Soccer, para investir nos chamados criptogames, cujo exemplo recente mais bem-sucedido é o Axie Infinity.

“Entendemos que a interação com criptomoedas nem sempre é amigável para iniciantes. Tendo isso em mente, Devikins coloca diversão, usabilidade e jogabilidade em primeiro lugar, deixando a interação da carteira de criptomoedas em segundo plano, e fornecendo uma solução de utilização simples.”, explica Nunes.

LEIA TAMBÉM: Entenda o Axie Infinity e as oportunidades trazidas pelos cripto games

Embora o jogo seja gratuito, oferece a possibilidade de ganhar dinheiro real coletando e vendendo NFTs exclusivos, ou obtendo DVKs. A criptomoeda do jogo é o DVK, que pode ser usada dentro a fora da plataforma imersiva. A Klever, sócia do projeto, oferece um interface onde os jogadores podem negociar seus NFTs e DVKs.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Devikins foi criado colocando o jogador em primeiro lugar. Cada personagem jogável em Devikins é um NFT, o que significa que é proprietário de um personagem jogável totalmente único no universo Devikins, e no mundo real. No jogo, os gamers colecionam esses personagens conhecidos como Devikin. Em uma segunda fase, que deve acontecer em setembro, Devikins utilizará um sistema de combate baseado em turnos, com mecânicas de RPG permeadas de um toque especial para que se adequassem ao tema do jogo. Os jogadores formarão suas equipes”, reforça o fundador.

Compartilhe esta publicação: