De Anitta a Emicida: 5 artistas brasileiros que entraram nos games

A conexão entre música e jogos eletrônicos tem sido cada vez mais importante para atrair novos públicos, sobretudo em plataformas como Free Fire e Fortnite.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Reprodução
Avatar do DJ Alok realizando uma apresentação no Free Fire

Em 2019, DJ Alok foi um dos primeiros artistas brasileiros a ter uma apresentação dentro de um game como o Free Fire

Acessibilidade


Ao ser anunciada como uma nova personagem do jogo Free Fire, na semana passada, a cantora Anitta entrou para a lista de artistas brasileiros que fizeram parte de alguma ação dentro de jogos imersivos. Esse tipo de atuação tem sido cada vez mais frequente e tornou-se uma tendência, sobretudo pelo alcance e conexão com os novos públicos que os jogos permitem. Free Fire, Fortnite e Avakin Life são apenas alguns dos exemplos de games que já contaram com a participação de músicos e bandas.

Globalmente, a apresentação do rapper Travis Scott no Fortnite, no início de 2020, tornou-se um exemplo do sucesso que a mistura entre games e entretenimento pode causar. Além disso, outros nomes como Ariana Grande também se apresentaram dentro do mesmo jogo. No final de abril, a apresentação de Emicida no Fortnite marcou uma nova fase do investimento da plataforma em música, sobretudo porque o projeto, chamado de Ondas Sonoras, inclui também artistas de outras nacionalidades.

Veja abaixo alguns exemplos recentes:

Anitta, a “patroa” do Free Fire

Na semana passada, o Free Fire, um dos jogos mobile mais baixados do mundo em 2021, de acordo com a App Annie, fechou uma parceria com a cantora Anitta que inclui a participação da cantora em vários momentos do jogo. De acordo com a Garena, publisher do jogo, além de surpresas e desafios para os jogadores, o evento trará uma música exclusiva de Anitta que será tema da campanha. “O público ainda poderá jogar com a própria Anitta, que chega como a personagem A Patroa no universo de Free Fire”, diz a empresa. Todo processo criativo da colaboração, tanto do personagem quanto da música, tiveram a participação direta da Anitta, explica a Garena. O negócio foi intermediado pela TFTW, agência de influenciadores da paiN Gaming.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Emicida no Fortnite

No final de abril, o rapper Emicida foi o primeiro artista brasileiro a ter um show na plataforma. O projeto Ondas Somoras, que vem sendo desenvolvido há mais de oito meses, contou com a cocriação entre a equipe da Lab Fantasma e a Epic Games envolvendo o desenho criativo do ambiente da apresentação e também a divulgação e comunicação realizadas pela agência Druid Gaming. O show ocorreu dentro do modo Festa Royale no jogo, onde já foram feitas até apresentações de filmes. Onda Sonora também já teve artistas como o cantor egípcio Mohamed Hamaki e a DJ australiana Tones and I. Antes disso, Ariana Grande também já havia se apresentado no jogo.

Rael no Avakin Life

Em julho de 2020, o cantor Rael fez uma apresentação de sua música Beijo B em um show virtual realizado no Avakin Life. Plataforma que mescla game e realidade imersiva onde é permitido interação entre os usuários. O jogo possui mais de 2 milhões de usuários somente no Brasil. “É muito legal poder mostrar meu trabalho em uma nova plataforma como um jogo e ampliando a possibilidade de levar entretenimento para as pessoas”, disse Rael à época.

DJ Alok no Free Fire

DJ Alok foi um dos primeiros artistas brasileiros a se apresentar em um game. Fâ de Free Fire ele fez um show dentro do jogo em 2019 e ganhou um avatar próprio. O personagem de Alok, inclusive, pode ser adquirido pelos jogadores por meio de uma parceria entre a Garena, desenvolvedora, e o artista. Em vários outros momentos em 2020 e 2021 Alok retornou ao jogo.

Giulia Be no Avakin Life

Assim como Alok, a cantora Giulia Be foi uma das primeiras artistas brasileiras a realizar um show em um game como o Free Fire. O show foi realizado em 2019 e contou com duas músicas executadas entre sexta e domingo para que os usuários pudessem assistir a qualquer momento. Em quatro horas de apresentação, cerca de 50 mil pessoas assistiram a artista.

Compartilhe esta publicação: