Trigo sobe em Chicago com preocupações por exportação da Índia, soja acompanha

Os futuros de soja também subiram, enquanto o milho foi negociado próximo do ponto de equilíbrio.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Vincent Mundy/Reuters
Vincent Mundy/Reuters

O trigo avançou diante de notícias anteriores de que a Índia estava tentando conter as exportações 

Acessibilidade


Os contratos futuros de trigo dispararam em Chicago hoje (4) com relatos de que a Índia, grande produtor mundial, restringiria as exportações porque uma seca ameaçava sua produção.

O país esparava preencher uma lacuna na exportação global criada pela guerra em andamento na Ucrânia.

Os futuros de soja também subiram, enquanto o milho foi negociado próximo do ponto de equilíbrio, aguardando direção em meio a previsões de tempo seco que podem impulsionar o progresso do plantio nos EUA.

Na bolsa de Chicago, o contrato de trigo mais ativo fechou em alta de 31 centavos de dólar a US$ 10,76 (R$ 53) o bushel, atingindo o maior ganho diário desde 8 de abril.

A soja mais ativa ganhou 10 centavos de dólar para US$ 16,40 (R$ 82) o bushel, enquanto o milho fechou com avanço de 1,25 centavo de dólar a US$ 7,94 (R$ 39) o bushel.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O trigo avançou diante de notícias anteriores de que a Índia estava tentando conter as exportações de trigo, que mais tarde foram refutadas por altos funcionários do Ministério de Alimentos, embora as recentes ondas de calor tenham prejudicado substancialmente a produção do país, diminuindo suas ambições de exportação.

“Eu não tinha muita fé na Índia para suprir as necessidades de trigo do mundo daqui para frente, considerando que eles não estão normalmente na área de exportação”, disse Ed Duggan, especialista sênior em gerenciamento de risco da Top Third Ag Marketing.

Forbes abre inscrições para lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: