Bracelete de diamantes da Cartier pode render US$ 8,4 milhões em leilão

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Bracelete da Cartier avaliado em até US$ 8,4 milhões com 63,66 quilates

Um verdadeiro sinal de que o verão está chegando no Hemisfério Norte são os primeiros anúncios da temporada de leilões de joias de primavera. A Sotheby’s Hong Kong abrirá sua temporada com a venda de “Joias Magníficas” em 20 de abril. Dois lotes em destaque são pulseiras “de tirar o fôlego”, como descreve a casa de leilões.

O primeiro lote é um diamante Cartier inspirado na Art Déco e uma pulseira de cristal de rocha da coleção “L’Odyssée de Cartier – Parcours d’un Style” da marca de luxo parisiense. O bracelete apresenta um diamante perfeito na cor D de 63,66 quilates, em formato de pera, inserido entre o cristal de rocha. A peça está avaliada entre US$ 5,1 milhões e US$ 8,4 milhões.

VEJA TAMBÉM: Joias reais históricas fazem parte do acervo de leilão da Sotheby’s

O segundo é uma pulseira de jadeíte chamada “Círculo da Felicidade” de 277,67 quilates e descrita pelo Instituto Gemológico Suíço (SSEF, na sigla em inglês) como “um verdadeiro tesouro da natureza”. O orçamento para esta joia está disponível mediante solicitação. As cores da pulseira variam de um verde sutil a um tom mais vivo, que a casa de leilões diz ser característico do mais fino verde jadeíte da Birmânia (Mianmar). Ele também exibe excelente translucidez quando iluminado por uma fonte de luz, “resultando em um efeito brilhante”.

Outros lotes à venda que sem dúvida chamarão a atenção de colecionadores incluem:

Um diamante rosa púrpura intenso de fantasia de 7 quilates em um anel. É da Sotheby’s Diamonds, o braço especialista em varejo de diamantes da casa de leilões internacional. Está avaliado entre US$ 5,8 milhões e US$ 7,1 milhões.

Uma esmeralda colombiana e uma imagem de diamante com as esmeraldas sem nenhum sinal de óleo. Avaliada entre US$ 1,1 milhão e US$ 1,5 milhão.

“A busca por joias de alta qualidade nunca foi tão forte na Ásia, com colecionadores exigentes que procuram diamantes e pedras preciosas raras, bem como designs exclusivos e icônicos”, afirma Wenhao Yu, vice-presidente da Jewellery, Sotheby’s Asia. “Destaque do lote da venda, o diamante exclusivo e a pulseira de cristal de rocha da Cartier combinam um diamante fenomenal, design hipnotizante e acabamento impecável.”

As joias assinadas representarão cerca de metade dos lotes em oferta disponíveis na Sotheby’s Gallery em Hong Kong. A venda incluirá os nomes icônicos que estão sempre em demanda, como Boucheron, Bulgari, Cartier, Chanel, Chopard, Graff, Harry Winston, Hermes e Van Cleef & Arpels. Entre os destaques estão:

LEIA TAMBÉM: Para primeira diretora criativa da Swarovski, joias são uma forma de representação de estado de espírito

Um anel Cartier com um diamante extravagante de 23,48 quilates laranja-rosado profundo avaliado entre US$ 4,2 milhões e US$ 6,2 milhões.

Um anel de diamante Boucheron com um rubi birmanês de 6,38 quilates avaliado entre US$ 1,6 milhão e US$ 2,2 milhões.

Um anel Cartier com duas safiras da Caxemira, uma das pedras tem 5,1 quilates e a outra 4,71 quilates. A peça está avaliada entre US$ 970 mil e US$ 1,1 milhão.

Um colar pendente de esmeralda, pérola e diamante Cartier avaliado entre US$ 520 mil e US$ 840 mil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).