Resort nas Ilhas Virgens Britânicas pode ser só seu a partir de R$ 236 mil a noite

O recém-inaugurado Aerial BVI, na Buck Island, tem 14 suítes divididas por cinco residências luxuosas, incluindo duas vilas independentes.

Lauren Jade Hill
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Vista aérea da Buck Island, onde fica o Aerial BVI

Acessibilidade


As Ilhas Virgens Britânicas acabam de ganhar um novo resort em uma ilha privada. O Aerial BVI promete ser o hotel mais impactante que você já conheceu. Com 17 hectares de terreno, uma orla exuberante e encostas dramáticas, a ilha Buck Island, onde fica o resort, é um local idílico com vista para as 14 ilhas vizinhas e para o canal Sir Francis Drake.

Na chegada de lancha – a apenas 10 minutos do aeroporto internacional e do aeroporto para jatos particulares -, sua primeira visão é da estrutura de pedra em forma de fortaleza da casa principal, que surge do topo das encostas verdejantes da ilha.

LEIA TAMBÉM: 15 acomodações de luxo para a temporada de verão no litoral brasileiro

Ao desembarcar, os hóspedes são levados em um veículo elétrico da costa até a estrada íngreme, em um caminho no meio da mata exuberante até os portões da casa de pedra, que você vê ao se aproximar, cercada por vilas e residências adicionais, todas conectadas por caminhos sinuosos.

O resort foi criado com um propósito. Este retiro é o trabalho de Britnie Turner, nascida na Carolina do Sul, nos Estados Unidos, cujo sucesso no mercado imobiliário levou à criação do “Aerial Development Group” e a esforços altruístas de longo alcance, incluindo o braço dedicado a apoiar regiões afetadas por desastres naturais, o “Aerial Recovery Group”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ao investir pela primeira vez na ilha, antes do furacão Irma e da pandemia, Turner começou a criar um lugar que levasse as pessoas a caminharem totalmente para seu propósito.

Agora, tendo trazido a ilha de volta à vida após os furacões que a varreram, e tendo passado os meses mais recentes de restrições de viagem preparando o resort para suas primeiras chegadas, Turner expressa sua visão original para a propriedade por meio de todos os aspectos da experiência do hóspede.

O resort se propõe a atingir seu objetivo de ajudar as pessoas a promover mudanças impactantes por meio de sua cultura culinária, ofertas criativas de bem-estar e atividades projetadas para conectá-las à natureza, além do envolvente tipo de hospedagem chamado “Elevate Summits”.

Cada uma dessas cúpulas de vários dias é projetada para reunir mentes criativas para ajudar as pessoas a identificar e seguir em frente, fazendo a diferença no mundo. Programas direcionados de força, riqueza e abundância, combinam sessões com oradores, incluindo a própria Turner, além de tempo para aproveitar a ilha.

O Aerial pode ser experimentado com reservas de uso privativo da ilha, entre cerca de R$ 236 mil e R$ 397 mil (entre US$ 41.800 e US$ 70.400) por noite, dependendo da época do ano ou com a reserva de um lugar em um dos “Elevate Summits” imersivos de cinco dias da ilha, cerca de R$ 56.300 (US$ 9.987) por pessoa. No futuro, será possível ainda alugar um quarto durante uma das semanas chamadas “Getaway Weeks”. Veja fotos do resort:

  • Reprodução/Forbes

    Piscina com vista para o mar

  • Reprodução/Forbes

    Praia

  • Reprodução/Forbes

    Lareira para noites de descanso

  • Reprodução/Forbes

    Barco à vela à disposição dos hóspedes

  • Reprodução/Forbes

    Academia ao ar livre

  • Reprodução/Forbes

    Bar de praia

  • Reprodução/Forbes

    Vista do terraço

  • Reprodução/Forbes

    Zebras resgatadas

  • Reprodução/Forbes

    Veículos elétricos para transporte dos hóspedes pela ilha

Reprodução/Forbes

Piscina com vista para o mar

A intenção está por trás de cada aspecto da criação do resort, desde elementos de design de interiores inspirados na natureza até aspectos da experiência que visam ajudar o hóspede a se sentir bem, além de esforços de sustentabilidade e de retribuição.

No início deste ano, o “Aerial Recovery Group” foi nomeado parceiro oficial do Departamento de Gerenciamento de Desastres das Ilhas Virgens Britânicas. As retribuições locais em 2022 devem incluir limpeza de recifes, bem como programas de empreendedorismo, mentoria e microempréstimos. As compras na “Giving Shop” do resort também vão para iniciativas como resposta a desastres de emergência.

Hora do descanso
Do nascer ao pôr do sol, os dias são passados ​​na ilha nadando no oceano, participando de sessões de ioga e meditação na praia, malhando na academia ao ar livre e entrando na água com uma variedade de equipamentos aquáticos, incluindo pequenos catamarãs à vela (os “hobie cats”), jet skis para mergulho (os “seabobs”), pranchas para stand up e caiaques transparentes com luzes LED para remar perto da costa depois de escurecer.

Trilhas para caminhadas partem das residências e vilas do resort até diferentes pontos do litoral, incluindo o “Redemption Ranch”, que abriga vários cavalos resgatados, pôneis e até zebras. Em breve, o resort começará a oferecer equoterapia, além de passeios na praia e em trilhas.

Para os hóspedes que estão totalmente vacinados contra a Covid-19, as excursões fora da ilha incluem passeios pelas ilhas, passeios locais e visitas à praia “The Baths”, na ilha de Virgin Gorda.

As refeições são servidas em uma mesa estilo banquete com pratos saudáveis, mas indulgentes, da ilha à mesa, complementados por café, sucos naturais e coquetéis de superalimentos (experimente o brainstormer com tequila, limão, agave e maracujá, servido com gelo com uma borda de sal do oceano), todos projetados para fortalecer a mente, o corpo e o espírito, preparando-o para um estilo de vida saudável.

Complementando esta oferta culinária, o spa oferece uma variedade de massagens terapêuticas, tratamentos faciais de rejuvenescimento, tratamentos com óleos essenciais, acupuntura, terapias de luz vermelha, reforço imunológico e injeções de bem-estar.

As 14 suítes projetadas individualmente da ilha são divididas em cinco residências luxuosas, incluindo duas vilas independentes. Os interiores são projetados para serem “imperfeitamente perfeitos”, proporcionando uma conexão entre as áreas internas e externas e, na casa principal, com conchas e corais integrados nas grossas paredes de pedra branca.

A área de estar comum de teto alto com lanternas baixas se abre para um deck ao pôr do sol e piscina infinita com vista para o mar, com sua posição no topo da ilha, proporcionando vistas panorâmicas do oceano. Paredes brancas texturizadas contrastam com detalhes em madeira escura, portas de madeira entalhada, tapetes tecidos e móveis macios em materiais naturais, com recantos ao redor do resort, de espreguiçadeiras a cadeiras de balanço, proporcionando um lugar para relaxar.

Reunindo tudo isso, a experiência na ilha é guiada por uma equipe de funcionários simpáticos, vários dos quais já estiveram na Necker Island, desde o concierge da ilha a consultores de bem-estar, chefs nutricionistas, instrutores de esportes aquáticos e terapeutas de spa.

Compartilhe esta publicação: