SUV híbrido de 750 CV, BMW XM chega em 2022

Veículo foi revelado na Art Basel em Miami Beach nesta semana e deve concorrer com outros modelos de alto desempenho.

Alistair Charlton
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Versão de produção do XM terá um alcance totalmente elétrico de 80 km, segundo a marca

Acessibilidade


A BMW comemora o 50º aniversário de sua divisão de carros de desempenho, a M. Para marcar a ocasião, em vez de exibir reencarnações retrô de ícones como o M1 ou o E30 M3, a empresa revelou um super SUV chamado Concept XM.

Disponível exclusivamente como um carro M – e o primeiro a ser oferecido como tal desde o esportivo M1 de 1978 – o Concept XM também será o primeiro carro eletrificado da divisão M da BMW.

LEIA TAMBÉM: Onçafari, a edição limitada do Land Rover Defender

Ele é movido por um motor V8 biturbo de 4,4 litros acoplado a um sistema híbrido e com uma produção total de 750 cavalos de potência e 737 lb-ft de torque. No topo da linha BMW, o carro deve enfrentar outros SUVs de alto desempenho, como o Range Rover Sport SVR, o Jaguar F-Pace SVR, o Audi RS Q8 e o – respire fundo – Porsche Cayenne Coupe Turbo SE-Hybrid.

O SUV elegante foi revelado na Art Basel em Miami Beach esta semana e, embora seja um conceito por enquanto, deve entrar em produção em série no final de 2022, embora provavelmente com um estilo mais suave. Em nota, a BMW diz que o XM Concept “fornece um primeiro vislumbre do novo design frontal para os próximos modelos de classe de luxo da BMW.” Parece que a grade não vai encolher novamente tão cedo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Segundo a montadora, a versão de produção do XM terá um alcance totalmente elétrico de 80 km (50 milhas), mas ofereceu poucos outros detalhes de desempenho por enquanto. O carro tem um único motor elétrico, que deve fornecer energia às quatro rodas por meio de uma caixa automática de oito velocidades. É um trem de força que provavelmente será usado por outros carros M que estão por vir, incluindo substituições para os atuais M5, M8, X5 M e X6 M.

O XM poderia ser considerado um veículo carro-chefe na linha da BMW, acima do X7 e agindo como o X8 de fato, mas a BMW diz que é uma oferta totalmente única. Para esse fim, o carro recebe um sistema de transmissão sob medida e tecnologia associada.

A empresa espera que os EUA sejam o maior mercado para o XM, e o carro será feito a partir de 2022 na fábrica da empresa em Spartanburg, na Carolina do Sul.

Por dentro, o interior do XM tem couro marrom “de aparência vintage”, além de detalhes em cobre e fibra de carbono em que a BMW diz “crie uma ponte entre o luxo e o esporte motorizado”. O painel apresenta o mesmo display digital grande e curvo do SUV elétrico iX da empresa, junto com o seletor de marcha e o controlador iDrive visto nos BMWs de hoje.

A marca descreve os bancos traseiros como “semelhantes a um lounge”, em contraste deliberado com a parte dianteira mais esportiva da cabine. Os assentos têm acabamento em um tom de cor que a BMW chama de Petrol, e o banco traseiro tem reentrâncias profundas, em uma tentativa de agir mais como um sofá do que um par de assentos individuais.

O XM deve entrar em produção no final de 2022, mas a BMW ainda não disse quanto custará. Veja mais fotos:

  • Bancos traseiros lembram um “lounge”, de acordo com a BMW (Reprodução/Forbes)

  • O XM continua a tendência atual da BMW de um estilo exterior arrojado (Reprodução/Forbes)

  • Veículo estará disponível exclusivamente como um híbrido (Reprodução/Forbes)

  • Interior em couro marrom de estilo vintage, com detalhes em carbono e cobre (Reprodução/Forbes)

Bancos traseiros lembram um “lounge”, de acordo com a BMW (Reprodução/Forbes)

Compartilhe esta publicação: