O melhor do tapete vermelho do Met Gala 2022

Com a temática da Era Dourada dos Estados Unidos, celebridades ousaram em looks cheios de glamour, espartilhos e brilho.

Isabel Lord
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Blake Lively e Ryan Reynolds, os anfitriões da noite, no Met Gala 2022

Acessibilidade


Uma das maiores noites da moda do ano, o Met Gala atraiu celebridades de todo o mundo para os degraus do Met, o Metropolitan Museum of Art de Nova York, no tradicional evento que acontece na primeira segunda-feira de maio.

Cancelada em 2020 e adiada para setembro do ano passado devido à pandemia, o verdadeiro objetivo da noite de gala é arrecadar fundos para o Costume Institute do museu, sendo mais de US$ 16,4 milhões em 2021 com os ingressos de US$ 30 mil e mesas de mais de US$ 200 mil, que geralmente são pagas pelas empresas e marcas que recebem convidados famosos.

Leia mais: 12 grandes looks da história do Met Gala

Com temas anteriores variando de “The Catholic Imagination” a “Camp”, o tapete vermelho de ontem (2) remeteu aos livros de história, com um código de vestimenta que pedia “Gilded Glamour”. Honrando a Era Dourada da América, uma época de crescimento econômico pós-Guerra Civil que durou de 1870 a 1900, o evento é a segunda parte do tema “In America: An Anthology of Fashion”.

A primeira parte, “A Lexicon of Fashion” do ano passado, atraiu reações e abordagens variadas dos participantes, com alguns encontrando inspiração no Velho Oeste (J.Lo), na velha Hollywood (Billie Eilish) ou na própria ideia de patriotismo (Amanda Gorman). Mas muitos optaram por ignorar completamente o tema – principalmente Kim Kardashian, que se envolveu em um Balenciaga todo preto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mas o tapete vermelho do Met Gala 2022 prometeu uma abordagem mais personalizada, com celebridades que foram de Janelle Monaé a Sarah Jessica Parker voltando no tempo com vestidos de espartilho, ternos elegantes e muitas gravatas brancas.

Colocando o “dourado” em Era Dourada, Khloé Kardashian estreou no tapete vermelho com um vestido Moschino deslumbrante com 5.400 miçangas, ao lado das irmãs Kylie Jenner (em Off-White) e Kendall Jenner (de Prada).

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para direita: Kylie Jenner, Khloé Kardashian e Kendall Jenner

Megan Thee Stallion, em Moschino, e Cardi B – que chegou com Donatella Versace em um muscle car – estavam pingando de ouro, com Cardi em um vestido Versace que precisou de 20 pessoas trabalhando por mais de um mês para ficar pronto. Lizzo, em um conjunto de Thom Browne, veio preparada para começar a noite com a nota certa: ela carregava uma flauta de ouro.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para direita: Megan Thee Stallion, Lizzo e Cardi B

Outras estrelas trouxeram o glamour da Era Dourada para os holofotes: Billie Eilish abraçou o estilo do século em seu vestido Gucci com espartilho, e Sarah Jessica Parker também voltou no tempo em um vestido de baile preto e branco Christopher John Rogers, que homenageou a primeira estilista negra da Casa Branca, Elizabeth Hobbes Keckley.

Getty Images
Getty Images

Billie Eilish

Getty Images
Getty Images

Sarah Jessica Parker

A estrela da série “Euphoria”, Sydney Sweeney, brilhou em Tory Burch para sua estreia no Met Gala, abaixando suas bainhas – e as mandíbulas dos espectadores – para revelar um minivestido por baixo, ambos reforçados por estofamento de crina.

Getty Images
Getty Images

Sydney Sweeney

Ela não foi a única a fazer uma grande revelação: Blake Lively chegou em um vestido de baile Atelier Versace dupla face e uma coroa inspirada na Estátua da Liberdade, apresentando uma réplica do mapa celestial no topo da Grand Central Station, enquanto Reynolds usava um terno de gravata branca por Ralph Lauren.

Getty Images
Getty Images

Blake Lively e Ryan Reynolds

Muitas estrelas podem ter mantido cores simples – em conjuntos pretos ou brancos –, mas não os looks. Kendall Jenner roubou o tapete vermelho com um enorme vestido de baile Prada de duas peças. Alicia Keys canalizou o “Empire State of Mind” com uma capa Ralph Lauren embelezada com 30 mil cristais que reproduziam o horizinte da cidade de Nova York; Vanessa Hudgens desnudou (quase) tudo em um simples número Moschino; enquanto Kacey Musgraves combinou seu vestido preto Prada com um leque de penas.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para direita: Kendall Jenner, Alicia Keys e Kacey Musgraves

Getty Images
Getty Images

Vanessa Hudgens

Cynthia Erivo, em Louis Vuitton e unhas personalizadas inspiradas em Gilded Age, Emma Stone, em seu vestido de noiva Louis Vuitton, e a snowboarder Chloe Kim (de Giambattista Valli) estavam angelicais de branco.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para direita: Emma Stone, Cynthia Erivo e Chloe Kim

Mas nem todo mundo se esquivou da cor: estrelas como Gigi Hadid, Jessica Chastain (em Gucci) e Cara Delevingne escolheram combinar com o próprio tapete. Hadid acrescentou um enorme casaco puffer ao seu conjunto Versace de látex e espartilho, enquanto Delevingne tirou sua jaqueta Dior para mostrar um pouco de pele dourada.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para direita: Jessica Chastain, Gigi Hadid e Cara Delevingne

Michelle Yeoh estava em um vestido verde Prabal Gurung e joias Tasaki, enquanto Glenn Close apareceu rosada em Valentino.

Getty Images
Getty Images

Michelle Yeoh

Getty Images
Getty Images

Glenn Close

Janelle Monáe usou um  vestido com capuz de brilhantes de Ralph Lauren, que honrava a dualidade da época – o apelido “Era Dourada” nasceu da ironia, denotando uma época que brilhava na superfície, mas era corrompida por baixo – e sua própria história: a origem da classe trabalhadora de Monáe é frequentemente trazida à tona em suas roupas através de padrões em preto e branco.

Getty Images
Getty Images

Janelle Monáe

Monáe não era a única estrela que parecia perfeita. Os queridinhos do Grammy Jon Batiste, Anderson Paak (de Gucci) e Shawn Mendes (de Tommy Hilfiger) estavam bem em seus looks de tapete vermelho.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para a direita: Shawn Mendes, Anderson Paak e Jon Batiste

Getty Images
Getty Images

Prefeito de Nova York Eric Adams e namorada

Apesar do rigoroso código de vestimenta de gravata branca, algumas estrelas não tiveram medo de ir além no Met Gala 2022…

A estrela da Broadway Ariana DeBose, a youtuber Emma Chamberlain e a cantora Camila Cabello estavam entre aqueles que não se esquivaram de uma interpretação moderna da Era Dourada, em looks recortados de Moschino, Louis Vuitton e Prabal Gurung, respectivamente. A modelo Kaia Gerber também mostrou a barriga em seu vestido Alexander McQueen inspirado em Art Déco.

Getty Images
Getty Images

Da esquerda para a direita: Ariana DeBose, Camila Cabello, Kaia Gerber e Emma Chamberlain

Os homens no tapete tiveram seus momentos ousados ​​de alfaiataria: Joe Jonas ostentou uma cauda de renda com seu terno branco, ao lado da esposa Sophie Turner em Louis Vuitton. Travis Barker e Kourtney Kardashian trocaram elementos de seus looks de Thom Browne, com Kardashian vestindo uma faixa masculina como um espartilho.

Getty Images
Getty Images

Kourtney Kardashian e Travis Barker

Algumas celebridades, no entanto, estavam lá apenas para se divertir – incluindo Kim Kardashian e seu namorado, a estrela do SNL Pete Davidson. Kim supostamente pegou emprestado o icônico vestido “Feliz Aniversário, Sr. Presidente” de Marilyn Monroe para a ocasião – perdendo 16 quilos para caber nele.

Getty Images
Getty Images

Kim Kardashian e Pete Davidson

Jared Leto juntou-se ao diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele, em ternos sob medida da casa, enquanto Elon Musk trouxe outro sósia como acompanhante – sua mãe.

Getty Images
Getty Images

Alessandro Michele e Jared Leto

Getty Images
Getty Images

Elon Musk e sua mãe

Compartilhe esta publicação: