Raro diamante incolor de 103 quilates pode chegar a R$ 90 milhões em leilão

Sem falhas, excelente polimento e simetria, a pedra foi classificada com uma das mais valiosas do mundo.

Anthony DeMarco
Compartilhe esta publicação:
Christie's
Christie's

O Light Of Africa é um diamante D, ou seja, incolor

Acessibilidade


O “Light of Africa” (“Luz da África”, em português), um diamante D (incolor) de 103,49 quilates sem falhas, será o item principal de um leilão da Christie’s New York Magnificent Jewels em 8 de junho. A estimativa é que seja arrematado por algo entre US$ 11 milhões e US$ 18 milhões (de R$ 55 a 90 milhões).

Além de seus atributos de tamanho e pureza, este diamante em corte esmeralda também tem excelente polimento e simetria, segundo a Christie’s. Classificado pelo Gemological Institute of America, ele pertence à categoria rara Tipo IIa, que representa menos de 2% de todos os diamantes, tornando-o um dos diamantes mais raros e valiosos do mundo.

Leia mais: Raro diamante azul de 15 quilates é vendido por R$ 284 milhões

O diamante foi cortado de uma pedra bruta de 299,3 quilates, desenterrada da famosa Cullinan Diamond Mine, de propriedade da Petra Diamonds, na África do Sul, onde foi cortado e polido. A Cullinan Diamond Mine produziu alguns dos diamantes mais históricos e sensacionais da história, incluindo a Grande Estrela da África e a Segunda Estrela da África, ambas parte das Joias da Coroa Britânica.

A pedra fará uma turnê mundial começando em Genebra de 6 a 11 de maio, seguindo para Hong Kong de 22 a 24 de maio, antes de retornar à sede do Christie’s em Nova York no Rockefeller Center, onde estará em exibição de 3 a 7 de junho. O leilão será realizado no dia 8 de junho.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os cinco melhores diamantes incolores da história da Christie’s Geneva Magnificent Jewels:

  • Um colar de diamantes e esmeraldas da De Grisogono com um diamante retangular de 163,41 quilates. Foi vendido por US$ 33,7 milhões (R$ 169 milhões, na cotação atual) em 14 de novembro de 2017. O preço por quilate foi de US$ 206.236.
  • O “Winston Legacy”, um diamante em corte pêra de 103,73 quilates, arrematado por mais de US$ 26,7 milhões (R$ 134 milhões) em 15 de maio de 2013. O preço por quilate foi de US$ 262.832.
  • O “Diamante Arquiduque Joseph”, um diamante em corte cushion de 76,02 quilates vendido por mais de US$ 21,4 milhões (R$ 107 milhões) em 13 de novembro de 2012. O preço por quilate foi de US$ 282.485.
  • Colar sautoir de diamantes e pérolas Le Légende da Boehmer et Bassenge com um diamante em corte coração de 92,15 quilates. Foi vendido por mais de US$ 14,9 milhões (R$ 74,7 milhões) em 17 de maio de 2017. Seu preço por quilate foi de US$ 162.659.
  • Um diamante sem nome em corte pêra de 75,97 quilates alcançou mais de US$ 14,4 milhões (R$ 72,2 milhões) em 14 de maio de 2014. Seu preço por quilate foi de US$ 190.532.
Compartilhe esta publicação: