Anvisa concede certificação à Sinovac após inspecionar fábrica

Etapa é um dos pré-requisitos para a continuidade tanto do processo de registro da vacina, quanto de um eventual pedido de autorização de uso emergencial .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Thomas Peter/ Reuters
Thomas Peter/ Reuters

Etapa é um dos pré-requisitos para a continuidade tanto do processo de registro da vacina

Acessibilidade


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, ontem (21), o certificado de boas práticas de fabricação do laboratório chinês Sinovac, desenvolvedor da potencial vacina contra Covid-19 CoronaVac, informou o órgão regulador em nota.

A Anvisa disse que concedeu a certificação após inspecionar a unidade da Sinovac responsável pela produção da vacina em Pequim e após receber informações do Instituto Butantan, responsável pelos estudos clínicos da potencial vacina em Fase 3 no Brasil e que já recebeu a vacina a granel para ser finalizada em suas instalações em São Paulo.

LEIA MAIS: Biden recebe vacina do coronavírus ao vivo na TV para incentivar imunização

“A etapa finalizada é um dos pré-requisitos para a continuidade tanto do processo de registro da vacina da Sinovac, quanto de um eventual pedido de autorização de uso emergencial dessa vacina que vier a ser apresentado à Anvisa”, disse a agência em nota.

Após uma série de atritos com o Butantan envolvendo a CoronaVac – incluindo uma breve interrupção dos testes em novembro –, a Anvisa destacou na nota que concluiu a certificação 10 dias antes do previsto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Butantan promete anunciar amanhã (23) o resultado da eficácia da CoronaVac após os testes em Fase 3 e, na mesma data, pedir o registro definitivo do potencial imunizante simultaneamente às agências reguladoras do Brasil e da China. Também pedirá à Anvisa autorização para uso emergencial da vacina.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: