5 passos para encontrar o mentor certo para você

Baseado em seus pontos fortes e fracos, em suas habilidades, o que você precisa para continuar se aprimorando? É neste momento que um bom conselho de um mentor faz toda a diferença.

Compartilhe esta publicação:

O mentor é uma figura muito mencionada no mundo profissional, principalmente no campo do empreendedorismo. Mas como saber a hora certa e como encontrar um que saberá lhe orientar corretamente pelo caminho certo? LEIA MAIS: 5 qualidades que todo mentor deve ter  Baseado em seus pontos fortes e fracos, em suas habilidades, o que você precisa para continuar se aprimorando? É neste momento que um bom conselho faz toda a diferença. Veja na galeria de fotos 5 passos para encontrar o mentor certo para você.

Acessibilidade


  • Olhe para si mesmo

    O primeiro passo é olhar para você mesmo e determinar em que estágio está em sua carreira e por que precisaria de um mentor. Pergunte-se: “O que e quem quero ser daqui três, cinco anos?”. Baseado em seus pontos fortes e fracos, em suas habilidades, o que você precisa para continuar se aprimorando? Faça uma análise profunda e pessoal antes de abordar um mentor.

  • Complete o ciclo

    Leve a experiência adiante e seja você também o mentor de alguém. Você nunca para de aprender ao criar relações saudáveis com novas pessoas.

  • Encontre um caminho

    Agora que você sabe para onde quer ir, é preciso encontrar o melhor caminho. Quem você vê em uma posição parecida com a que gostaria de ter dentro de sua indústria? Chegue até ele. Procure entre seus amigos e colegas de networking conexões com esta pessoa. Faça por merecer. Crie uma conexão com suas atitudes e conquistas, pois seu potencial mentor também está pensando: “Por que eu?”

  • Fique de olho

    Fique atento a oportunidades de esbarrar com o seu mentor ou de concretizar algum encontro marcado on-line sempre que possível. Ofereça seu feedback sobre seus blogs, compartilhe artigos de interesse de ambos. Você pode encontrar mentores em escritórios, palestras de faculdade, cafés da manhã de networking ou on-line, com a ajuda do LinkedIn, por exemplo. Certifique-se de pedir por um encontro, e não para ser mentorado.

  • Seja comprometido

    Se não está disposto a manter essa relação, é melhor procurar ajuda apenas nos livros e artigos de seu mentor. Não seja daquelas pessoas que apenas pede por conselhos, sem oferecer nada em troca. Dê continuação ao seu relacionamento com o mentor e saia de cada encontro sempre com uma nova recomendação, seja de pessoas para conversas ou de bons livros para ler.

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Olhe para si mesmo

O primeiro passo é olhar para você mesmo e determinar em que estágio está em sua carreira e por que precisaria de um mentor. Pergunte-se: “O que e quem quero ser daqui três, cinco anos?”. Baseado em seus pontos fortes e fracos, em suas habilidades, o que você precisa para continuar se aprimorando? Faça uma análise profunda e pessoal antes de abordar um mentor.

Compartilhe esta publicação: