10 restaurantes imperdíveis para 2016

Com menus diferentes e localizações surpreendentes, novidades dão água na boca.

Redação
Compartilhe esta publicação:

O ano de 2016 promete ser daqueles de dar água na boca. Há menus tão diversos em lugares tão inusitados que as refeições realmente deverão ser, no mínimo, surpreendentes.

Acessibilidade


VEJA MAIS: Conheça o chocolate mais caro do mundo

Formigas e carne de cangurus estão no menu do Noma Pop-Up, em Sydney, por exemplo. A culinária do Equador também está, com excelência, presente no Raymi, em Nova York. Quanto aos clássicos, Dubai tem arrasado na culinária francesa. Todos valem a visita.

E MAIS: As 10 melhores dietas para 2016

A fim de sair da normalidade e provar sabores novos por olhares diferentes, veja na galeria de fotos abaixo 10 restaurantes ao redor do mundo, segundo a CNN, com diferentes inspirações e preços que cabem no bolso:

  • Osteria Oggi

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

    Onde? Adelaide, Austrália

    Adelaide pode não ser a sua cidade de destino assim que chegar à Austrália. Mas, com certeza, depois de conhecer a Osteria Oggi, você vai mudar o roteiro.
    Inaugurado em setembro de 2015, o restaurante tem como principal prato a massa frasca. Mas o uso de tripas, línguas e vitelas também destacam as essências mais terrosas, sempre acompanhadas de vinhos das vinícolas próximas: McLaren Vale e Barossa.

  • Macau

    Onde? Macau, China

    A cidade de Macau é quase sinônimo de diversidade e estilo. O restaurante, portanto, faz jus a isso. Além de estar na capital do entretenimento chinês, tem grandes nomes de chefs da região.

    O sushi-bar conta com peixes frescos trazidos diariamente do famoso mercado Tsukiji, em Tóquio. A famosa robata do local é preparada com uma técnica que já tem 110 anos.

  • Coya

    Onde? Dubai, Emirados Árabes Unidos

    A cozinha peruana permanece em expansão e Dubai não é exceção. Inaugurado em 2015, Coya já provou ser um grande sucesso com a unidade que tem em Londres.

    Com herança inca e estilo latino-americano, o bar, além de elegante, serve maravilhosos coquetéis. Mas não é necessário dizer que os ceviches são famosíssimos e funcionam como atrativo especial. Principalmente, o que tem como ingrediente coração de boi molho picante.

  • Frenchie

    Onde? Londres, Inglaterra

    Jamie Oliver não é quem comanda a cozinha, mas deu o nome do restaurante quando apelidou de Frenchie o colega Gregory Marchand, chef do estabelecimento.

    Com uma unidade bem conceituada no bairro Les Halles, na França, Marchand se arrisca com seus clássicos peixes defumados e charcutaria.

  • Made Nice

    Onde? Nova York, Estados Unidos

    Daniel Humm e Will Guidara não precisam de muita introdução, por conta de suas três estrelas Michelin. O Made Nice, previsto para estrear neste primeiro trimestre, promete refeições baseadas em legumes e proteínas por apenas – acredite – US$ 15 por pessoa.

    Esta pode ser uma aposta lendária. Assim como é o serviço do restaurante Eleven Madison Park, sucesso entre clientes e críticos.

  • Urban Grill

    Onde? Accra, Gana

    A nova churrascaria tende a ser a melhor de Gana, graças à carne servida com milho cozido sobre carvão vegetal. Mas o menu tem grande influência da origem latina do chef Andrew DiCataldo.

    É de surpreender a abundância de variações entre ceviches, barrigas de porco, peixes com crostas de bananas e sobremesas. Os lanches ao fim de tarde também são destaque.

  • El Informal

    Onde? Barcelona, Espanha

    Marc Gascons, renomado chef Michelin, promete novas interpretações da culinária mediterrânea e da cozinha catalã. Nhoque com mel acompanhado por trufas negras e cabritos grelhados em óleo de infusão de ervas estão inclusos no cardápio e fazem parte do jantar principal, que deve acontecer no terraço do ambiente.

  • Maison 1888

    Onde? Danang, Vietnan

    Além de não faltar sabores na cozinha vietnamita, o ambiente composto no restaurante também não deixa a desejar. O chef Michel Roux assumiu, em 2015, o restaurante do então lendário Pierre Gagnaire. O Maison 1888 serve cozinha francesa clássica com toque contemporâneo. Ingredientes locais são adaptados às receitas e dão o toque especial no menu.

  • Cozinha Artagão

    Onde? Rio de Janeiro, Brasil

    A menos de 200 dias para os Jogos Olímpicos, os olhos estão mais que voltados ao Rio de Janeiro. O restaurante não só tem foco nas feijoadas, caipirinhas e churrasco, mas o chef Pedro de Artagão, dono de vários outros restaurantes da cidade, incrementa seu menu com rosbifes, queijo gorgonzola, massas e nhoques de mandioca, além do bolo de chocolate que certamente está ligado ao status legendário do chef.

  • Le Bon Saint Pourcain

    Onde? Paris, França

    Sob a sombra da famosa Igreja Saint Germain, o chef David Lanher acaba de inaugurar um bistrô típico parisiense, descontraído e aconchegante. Le Bon Saint Pourcain ganhou grandes admiradores, locais ou não, tudo por conta de sua inovação.

Osteria Oggi

Onde? Adelaide, Austrália

Adelaide pode não ser a sua cidade de destino assim que chegar à Austrália. Mas, com certeza, depois de conhecer a Osteria Oggi, você vai mudar o roteiro.
Inaugurado em setembro de 2015, o restaurante tem como principal prato a massa frasca. Mas o uso de tripas, línguas e vitelas também destacam as essências mais terrosas, sempre acompanhadas de vinhos das vinícolas próximas: McLaren Vale e Barossa.

Compartilhe esta publicação: