Carrefour vai auditar abatedores

Getty Images
Varejista também vai exigir câmeras para garantir o bem-estar animal

O Carrefour vai auditar os frigoríficos que fornecem carne com a marca do grupo francês e pedir que instalem câmeras em resposta à crescente demanda dos consumidores por práticas socialmente responsáveis.

LEIA MAIS: Carrefour Brasil inicia testes de sistema “Scan & Go” em São Paulo

A maior varejista de supermercados da Europa disse hoje (16) que conduzirá 84 auditorias de frigoríficos que fornecem produtos vendidos sob suas marcas antes do final de 2019.

Essas auditorias verificarão se eles cumprem as regras estabelecidas pela Oeuvre d’Assistance aux Betes d’Abattoirs, que foi fundada para garantir o bem-estar dos animais nos matadouros.

Varejistas como Carrefour e empresas de bens de consumo, incluindo Danone e Nestlé, vêm se adaptando à medida que mais consumidores e as novas gerações optam por dietas mais saudáveis ​​e um modo de vida mais socialmente responsável.

O Carrefour está se concentrando mais em alimentos orgânicos, sob um plano global de cinco anos para aumentar as vendas e lucros do grupo, e também adotou a tecnologia blockchain ledger para rastrear e monitorar frango, ovos e tomates enquanto eles são transportados de fazendas para lojas.

O rival francês Casino se reuniu no mês passado com três órgãos independentes para fornecer rotulagem de bem-estar animal.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).