Ação da Lyft recua e fica abaixo do preço do IPO

Getty Images
O preço do IPO da Lyft foi de US$ 72 na última sexta-feira

As ações da Lyft chegaram a recuar mais de 10% hoje (1), sendo cotadas abaixo do preço da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de US$ 72.

LEIA MAIS: Lyft é avaliada em US$ 24,3 bi em estreia na bolsa

A companhia estreou na Nasdaq na sexta-feira (29), com abertura de US$ 87,24, 21% acima do preço do IPO.

A Guggenheim Securities começou a cobertura sobre a ação com uma classificação “neutra”, citando falta de visibilidade no caminho para a rentabilidade.

Por volta de 11h20 (horário de Brasília), os papéis da empresa caíam 9%, a US$ 71,20. Na mínima, até o momento, foram cotados a US$ 69,12.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).