Facebook revela como classifica postagens no feed

Reuters
Após uma série de escândalos de privacidade, o Facebook precisa reconquistar a confiança dos usuários

O Facebook vai revelar o algoritmo que decide quais postagens aparecem no feed de notícias de cada perfil. A estratégia é parte de uma campanha para ser mais transparente e oferecer maior controle aos usuários.

LEIA MAIS: A vida de Eduardo Saverin depois do Facebook

O recurso “Por que estou vendo este post?”, lançado hoje (1), oferece uma maior compreensão sobre as dezenas de milhares de dados usados pela rede social para classificar histórias, fotos e vídeos no feed de notícias, que é a base da plataforma.

“A coisa básica que essa ferramenta faz é permitir que as pessoas saibam por que estão vendo um post específico em seu feed de notícias, e isso ajuda a acessar as opções de ações que elas podem tomar se quiserem mudar isso”, disse John Hegeman aos repórteres.

Após uma série de escândalos de privacidade, o Facebook precisa reconquistar a confiança dos usuários, enquanto se prepara para lançar um único serviço de mensagens que combina os chats do Facebook, WhatsApp e Instagram, que pode torná-lo ainda mais importante para a comunicação dos usuários.

O novo recurso do feed de notícias mostrará aos usuários os dados que os conectam a um tipo específico de postagem, disse Hegeman, como, por exemplo, que eles são amigos de quem postou e que deram mais likes em seus posts do que outros, comentaram com frequência naquele tipo de postagem antes ou que a postagem é popular entre usuários com os mesmos interesses.

VEJA TAMBÉM: Facebook corrige falha que expôs milhões de senhas

O recurso irá detalhar algumas das interações que levam o algoritmo a chegar a sua conclusão, disse ele, embora não mostre todos os milhares de dados que influenciam a decisão. “Nós tentamos nos concentrar nos dados que são mais importantes e desempenhar o papel principal que faz com que as pessoas vejam um post ou não”, disse Hegeman. “Não achamos que isso vai resolver tudo sobre o tema da transparência, mas achamos que esse é um passo importante.”


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).