Carrefour Brasil registra R$ 413 mi de lucro no 1º tri

Forbes
Resultado foi 28,8% maior que o do mesmo período de 2017

O Carrefour Brasil teve crescimento de dois dígitos no lucro líquido ajustado do primeiro trimestre, impulsionado mais uma vez por sua divisão de atacarejo Atacadão e controle de custos.

LEIA MAIS: GPA: lucro consolidado cai a R$ 164 mi no 1º tri

A empresa teve lucro líquido ajustado de R$ 413 milhões no primeiro trimestre, sem considerar efeitos de aplicação do padrão contábil internacional IFRS 16, um crescimento de 28,8% na comparação anual. Considerando o IFRS, o lucro ajustado foi de R$ 407 milhões, crescimento de 26,7% na mesma comparação.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado pré-IFRS 16 foi de R$ 983 milhões, crescimento de 16,7%. Incluindo o padrão contábil, o Ebitda ajustado foi de R$ 1,04 bilhão, expansão de 23,8%.

A rede de varejo afirmou que o Atacadão teve expansão de 32,7% no Ebitda ajustado, a R$ 620 milhões, com a margem subindo 1%, para 7,2%.

As despesas com vendas gerais e administrativas da divisão cresceram 16,4%, para R$ 754 milhões, com o percentual das despesas sobre as vendas líquidas subindo de 8,5% para 8,7%.

O grupo confirmou previsão de abertura de 20 lojas do Atacadão neste ano, após quatro lojas da bandeira inauguradas no primeiro trimestre.

O resultado do Carrefour Brasil foi divulgado um dia depois de o rival GPA reportar lucro de R$ 164 milhões no primeiro trimestre pré-IFRS 16.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).