Ibovespa avança de olho em negociações comerciais

Amanda Perobelli/Reuters
O giro financeiro do pregão somou R$ 14,1 bilhões

A bolsa paulista manteve o viés positivo da véspera hoje (10), em pregão marcado por expectativas para negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

LEIA MAIS: Ibovespa retoma 101 mil pontos

O Ibovespa fechou em alta de 0,56%, a 101.817,13 pontos. O giro financeiro do pregão somou R$ 14,1 bilhões.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que se encontrará com o vice-premiê chinês, Liu He, na Casa Branca na sexta-feira (11), no segundo de dois dias de negociações comerciais de alto nível com o objetivo de evitar aumentos programados nas tarifas dos EUA sobre produtos chineses.

“Todas as atenções do mercado estão voltadas para as negociações de EUA e China em torno da guerra comercial”, destacou o estrategista Dan Kawa, sócio na TAG Investimentos.

Em outra frente, os EUA não mencionaram apoio ao ingresso do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em carta enviada ao organismo no fim de agosto, em que manifestaram respaldo às candidaturas da Argentina e da Romênia, informaram duas fontes a par do assunto.

Outro alvo de atenção foi a primeira sessão de discussão da PEC da reforma da Previdência, que deverá ser votada em segundo turno pelo plenário da Casa no próximo dia 22.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).