Ibovespa se reaproxima de recorde com apoio de Petrobras e Vale

ReutersPaulo-Whitaker
A alta da semana foi de 2,52%

O Ibovespa fechou hoje (25) perto da pontuação recorde, chegando a superar os 108 mil pontos durante a sessão marcada por forte movimento de papéis de Petrobras e Vale.

O índice subiu 0,35%, a 107.363,77 pontos. A alta da semana foi de 2,52%. O volume financeiro da sessão somou R$ 17,4 bilhões.

A divulgação de balanços do terceiro trimestre ditou o ritmo dos negócios, com bons resultados de Petrobras e Vale, enquanto Ambev trouxe números decepcionantes.

LEIA TAMBÉM: Dólar tem maior queda semanal desde fevereiro

Na visão da equipe do BTG Pactual, a partir de agora investidores tendem a ficar no aguardo da divulgação de mais resultados para justificar novas compras.

“O nosso viés segue de otimismo com o ambiente doméstico, uma vez que há expectativa de estabilidade fiscal”, afirmou.

No exterior, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o país está indo muito bem nas negociações comerciais com a China.

Em Wall Street, o S&P 500 avançou 0,4%, flertando com novo recorde. Na próxima semana, investidores aguardam reuniões do Fomc, nos EUA, e do Copom, ambas na quarta-feira (30), na expectativa de novos cortes nas respectivas taxas de juros.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).