Nintendo dobra lucro trimestral com ajuda do Switch Lite

O lucro operacional da Nintendo no trimestre de julho a setembro foi de 66,8 bilhões de ienes (US$ 615 milhões)

O lucro operacional do segundo trimestre fiscal da Nintendo mais do que dobrou, indo muito além das estimativas dos analistas, devido à forte demanda por seu console Switch.

LEIA MAIS: Nintendo terá Pokemon para ser jogado enquanto dorme

A Nintendo vendeu 4,98 milhões de unidades de seu dispositivo Switch nos seis meses até setembro e 1,95 milhão de unidades do Switch Lite, que foi lançado em setembro.

Seria prematuro aumentar as previsões de vendas de hardwares da Nintendo para o ano inteiro, disse o presidente-executivo Shuntaro Furukawa a repórteres em Osaka.

O lançamento do Switch Lite faz parte do impulso da empresa de Kyoto de expandir o apelo do dispositivo para além dos jogadores mais exigentes, com a chegada de dois títulos da série “Pokémon” no próximo mês para impulsionar a demanda pela versão de baixo custo do dispositivo.

A Nintendo trouxe uma de suas franquias mais famosas, “Mario Kart”, para dispositivos móveis em setembro, com o título baixado mais de 120 milhões de vezes em seu primeiro mês, superando outros lançamentos móveis da empresa em um período comparável.

Com receita de US$ 0,26 por participante no jogo, de acordo com dados da Sensor Tower, muito atrás dos US$ 16,50 por jogador de Dragalia Lost, a Nintendo ainda não demonstrou que o saturado mercado móvel pode se tornar um importante impulsionador de receita.

Furukawa se recusou a dizer quando a opção multiplayer do jogo, que atualmente está indisponível no jogo e tem sido foco de reclamações dos jogadores, seria lançada.

VEJA TAMBÉM: As 9 melhores novidades de Halloween nos games

O lucro operacional da Nintendo no trimestre de julho a setembro foi de 66,8 bilhões de ienes (US$ 615 milhões), contra 30,9 bilhões de ienes no ano anterior. Isso estava bem acima de uma previsão média de 50 bilhões de ienes a partir de 10 estimativas de analistas compiladas pela Refinitiv.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).